Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Restaurante Tahiti - Lixo na Calçada



Restaurante Tahiti - Lixo na Calçada no Periodo da Manhã - Fotos www.sosguarujá.com
 
LIXO x GUARUJÁ = QUAL A SOLUÇÃO DO PROBLEMA???
 
 

Nosso editor no último feriado de Páscoa, como diariamente procede, armou-se com sua câmera e foi andar pelo Centro do Guarujá. Particularmente fiquei muito preocupado com as cenas excelentemente fotografadas, pelo nosso editor. Nossa cidade em pleno feriado estava atolada de lixo no calçadão das Pitangueiras e na Praia da Enseada.

 

Nosso Presidente honorário, ex-Prefeito Jayme Daige, quando trouxe ao Guarujá o Urbanista e Arquiteto Jaime Lemer, nunca imaginaria que o famoso calçadão do Guarujá, outrora em madeira, hoje sofridamente em mosaicos de pedras, seria uma vitrine de desrespeito e indiferença aos moradores e poucos turistas que visitam nossas praias.

 

Participei da famigerada prestação de contas dos 100 dias, comentários do evento seriam redundância, vou ater-me ao problema do lixo, e devido ao problema, acabei mantendo uma conversa de horas com o Diretor de Regionais, Sr. Lima. Perguntava ao Diretor o que estaria acontecendo, afinal apesar do sofrível contrato mantido com a Vital Engenharia, temos uma coleta regular, como explicar a questão das calçadas das praias estarem entupidas de lixo.

 

O Diretor explicava que é um problema de cultura, os proprietários de comércios, ambulantes, quiosqueiros, não respeitam o horário da coleta de lixo, então o que acabamos presenciando, é um total desrespeito dos comerciantes. O Diretor também esclareceu que normalmente existe uma fiscalização, a Regional acaba na maioria dos casos adequando o horário da coleta a necessidade e horário de funcionamento do comércio local, mas existe a indiferença do mal comerciante, que é avisado, intimado e multado pela Regional.

 

O grande problema das multas, já fomos testemunhas oculares das várias multas aplicadas pelo SPU, IBAMA nos quiosques, e os comerciantes simplesmente ignoram, porque ninguém cobra, executa judicialmente, ningém é punido, falta uma atitude legalista, simplesmente ninguém quer cumprir a Lei. A própria Secretária da Fazenda, Receita Federal que são órgãos com recursos infinitos, não tem nenhum interesse de realizar uma força tarefa e fiscalizar essa modalidade de comércio, que navega na ilegalidade, principalmente pelo estado de sucateamento de nossa Divisão Tributária da Prefeitura do Guarujá.

 

Aos Defensores dos Quiosqueiros, minha resposta é: - cumpram a lei, sabemos de todas as atividades ilícitas realizadas nas Praias e Calçadas do Guarujá por alguns quiosqueiros, sabemos quem contribui com essas ilegalidades e vamos permanentemente denunciar. Nossas últimas descobertas são as substituições freqüentes das Maquinas de Cartão de Crédito e Débito Automático (a cada 90 Dias), para burlar a Fiscalização Eletrônica do Sefaz e Receita Federal do sistema NFEs.

 

O que podemos esperar dos maus comerciantes, a grande maioria que nem mesmo são os verdadeiros permissionários dos quiosques, não residem no município, não querem nem pagam os poucos impostos devidos, não preservam a natureza, não respeitam seu sustento, o "Turista", e depois ficam dando declarações a Jornais como à Folha de São Paulo, que são obrigados a cobrar consumação nas praias porque não faturam desde 2007. 

 

Nos resta, moradores e cidadãos do Guarujá, rezar neste feriado à Santo Expedito para aparecer um Político ou Administrador, com coragem e vontade de acabar com a farra de 125 Quiosques de Areia e 43 de Sorvetes nas Praias do Guarujá, retomando a limpeza, urbanismo e a limpa visão de nossas lindas praias.
 
 
Manoel Antonio Vergara
Editor e Colaborador da Associação Amigos do Guarujá
Consultor Fiscal Público, Conselheiro Escolar,
morador do Guarujá, ativista nas questões
legais dos Deficientes Físicos escreve
diariamente para diversos Blogs

3 comentários:

Marcel disse...

É realmente encontramos este tipo de situação na orla da praia mesmo...precisamos de gente com coragem pra mudar!

Entrem:

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=17127327

Maria Dias disse...

Queridos amigos... se vc passar pela manhã antes do horário do lixeiro... vai encontrar lixo na rua em qualquer lugar... não é só na frente do tahiti... é na orla toda, no bairro todo... exite um periodo que antecede a hora do recolhimento do lixo... que é obvio que o lixo estará na rua... santa ignorância hein povo... a intolerância não leva a nada.

Eduardo disse...

eu numca fui no Tahiti agora que nao vou mesmo na rua e assim? imagine la dentro

como dizem: O COSTUME DA CASA VAI A PRAÇA!