Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Cada um fazendo a sua parte!

Raposas e Beija-Flores - Fábulas e nada mais!

Não sei se é ingenuidade é incompetência mesmo, fazer com que a raposa tome conta dos galinheiros, dessa imensa Granja.

Se não é trágico chega a ser tragicômico, considerando que essa é a alternativa de maior risco, tem sido a escolhida pelos “ingênuos” ou será que não são tão ingênuos assim, considerando que o menos bobo, nessa história toda, tira esmola da mão de cego.

O resultado e o que vemos por ai, galinheiros arrombados e o desaparecimento das galinhas e dos ovos.

O apetite dessas raposas é invejável e desproporcional, afinal, utilizando-me de outra fabula, “estão matando a galinha dos ovos de ouro”, afinal essa farra das raposas não pode durar para sempre, vai chegar um dia em que galinhas ou ovos vão escassear a tal ponto que os donos da Granja ( os eleitores acionistas dessa granja) vão trocar os seus administradores.

Dizem que o jarro tanto vai a fonte que um dia se quebra, estou contando com essa possibilidade.

Já que a sede é imensa e não se acaba, afora o desperdício, a solução é esperar que o jarro se quebre, afinal é tão fácil pegar a água alheia que o vai e vem gera o descuido e o vaso cai e se quebra.

Estou que nem Dom Quixote lutando contra os moinhos de ventos.

Tenho consciência que não possuo força suficiente para acabar com as raposas, com os ingênuos e com os carregadores de água, mas isso não me impede de poeticamente estar fazendo a minha parte, como o beija-flor, que sabe que não vai apagar o incêndio sozinho, porem espera que o seu exemplo motive outros a fazer a mesma coisa.


Celso de Deus


http://celsodedeus.com.br/artigos/raposasebeija/

Um comentário:

Anônimo disse...

CARO CELSO, QUE TAL COMEÇAR A DAR NOME AS RAPOSAS, PORQUE NÓS O POVO,JÁ ESTAMOS COMO OVOS QUEBRADOS.