Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Você é daqueles que ajudam ou atrapalha quem quer ajudar?

Foto tirada na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca 452.
Clique na foto para ampliar.
Dar dinheiro, roupas e comida para quem está na rua é inviabilizar o trabalho das instituições que tentam tirar essas pessoas da situação de mendicância.
Se você é dos que dão dinheiro, comida e facilidades a essas pessoas, saiba que eles não aceitam a ajuda correta porque existem regras como banho, tratamento de alcoolismo e psiquiátrico.
Não atrapalhe quem está trabalhando nem tente impedir a retirada dos homens e mulheres da rua.
Eles são retirados porque estão em situação de risco e colocam os demais cidadãos nessa situação.
Colabore com a Guarda Municipal e com a Assistência Social no convencimento para que eles tenham a ajuda correta.
Eu pessoalmente falei várias vezes ao ex Prefeito Farid Madi que essa construção, com esse tipo de cobertura e esses bancos iriam criar um albergue.
Ele riu! E aí está mais um problema para a cidade.

E-mail recebido de leitor:

Desabafo

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Você é daqueles que ajudam ou atrapalha quem quer ...":

Existem vários ditados que cabe nesta situação.

Em casa de ferreiro espeto é de pau.

Cachorro de muitos donos morre de fome. Recentemente morreu em nossa cidade A PEROLA DO ATLANTICO, um rapaz não sei o porque de ele estar nas ruas, mas acompanhei sua morte lenta e agonizante.

Quando ele apareceu na Rua Mário Ribeiro.Estranhei muito, pois sempre o via acompanhado de seu filho. Certo dia perguntei a ele o que tinha acontecido e ele me disse que estava olhando carro porque estava desempregado, Em dezembro e Janeiro, olhou carro e trabalhou de garçom. A poucas vezes que conversamos avisei para ele tomar cuidado pois a rua é uma madrasta ruim, dei comida a ele algumas vezes e não me arrependo.

Como era de esperar as drogas, falaram alto em seus ouvidos e ele passou somente a ouvi-la, várias vezes chamamos o albergue para levá-lo, mas no dia seguinte lá estava ele, passou a roubar a apanhar, virou saco de pancadas dos mais fortes.

Ele sempre voltava para as ruas, porque ninguém podia negar o direito dele de ir e vir. Ele andava pelas ruas sem ter noção nem das suas necessidades fisiológicas. Será que ele tinha condições de decidir alguma coisa. Ou faltou alguém para decidir por ele. Quando me pediu comida dei a ele, não vou me arrepender disso.

Mas me arrependo de não ter brigado mais por ele.

Morreu no dia 24 de julho vitima de espancamento. Lembrei de uma música! Está lá um corpo estendido no chão, em vez de uma prece uma praga de alguém.

Esta é nossa cidade, estamos ficando desumanos, não podemos ajudar a todos, mas podemos exigir de nossas Autoridades, e isto tudo tem um nome DESCASO.

Esses e outros problemas só irão agravar-se, se cada um de nós não fizer um pouquinho, e cobrar muito.

Obrigado por ler meu desabafo!!!

NOTA DO EDITOR:

Ao amigo que escreveu o Desabafo e que postei com destaque. Como você viu, manter esse rapaz na rua não foi uma boa idéia e nem uma boa ação. Ter dado comida e roupa não bastou. Você deveria ter negado dinheiro,comida e roupa e tê-lo levado a um local onde ele poderia ter sobrevivido. Não quero condená-lo. Você fez o que podia mas aí está, infelizmente errou!!! Permanecer na rua causou a sua morte.

O Editor do SOS Guarujá.





5 comentários:

Anônimo disse...

NOS PAÍSES EUROPEUS, NÃO TÊM BANCOS E SIM CADEIRAS NOS PONTOS CRÍTICOS DAS CIDADES!

Anônimo disse...

Existem vários ditados que cabe nesta situação. Em casa de ferreiro espeto é de pau. Cachorro de muitos donos morre de fome. Recentemente morreu em nossa cidade A PEROLA DO ATLANTICO, um rapaz não sei o porque de ele estar nas ruas, mas acompanhei sua morte lenta e agonizante. Quando ele apareceu na Rua Mário Ribeiro.Estranhei muito, pois sempre o via acompanhado de seu filho. Certo dia perguntei a ele o que tinha acontecido e ele me disse que estava olhando carro porque estava desempregado, Em dezembro e Janeiro, olhou carro e trabalhou de garçom. A poucas vezes que conversamos avisei para ele tomar cuidado pois a rua é uma madrasta ruim, dei comida a ele algumas vezes e não me arrependo. Como era de esperar as drogas, falarão alto em seus ovidos e ele passou somente a ovila, várias vezes chamamos o albergue para leva-lo, mas no dia seguinte lá estava ele, passou a roubar a apanhar, virou saco de pancadas dos mais fortes. Ele sempre voltava para as ruas, porque ninguém podia negar o direito dele de ir e vir. Ele andava pelas ruas sem ter noção nem das suas necessidades fisiologicas. Será que ele tinha condições de decidir alguma coisa. Ou faltou alguém para decidir por ele. Quando me pediu comida dei a ele, não vou me arrepender disso. Mas me arrependo de não ter brigado Mais por ele. Morreu no dia 24 de julho vitima de espancamento. Lembrei de uma música! Está lá um corpo estendido no chão, em vez de uma prece uma praga de alguém. Está é nossa cidade, estamos ficando desumanos, não podemos ajudar a todos, mas podemos exigir de nossas Autoridades, e isto tudo tem um nome DESCASO. Esses e outros problemas só irão agravar-se, se cada um de nós não fizer um pouquinho, e cobrar muito. Obrigado por ler meu desabafo!!!

O Editor disse...

Ao amigo que escreveu o Desabafo e que postei com destaque.
Como você viu, manter esse rapaz na rua não foi uma boa idéia e nem uma boa ação.
Ter dado comida e roupa não bastou.
Você deveria ter negado dinheiro,comida e roupa e tê-lo levado a um local onde ele poderia ter sobrevivido.
Não quero condená-lo.
Você fez o que podia mas aí está, infelizmente errou!!!
Peramanecer na rua causou a sua morte.

Anônimo disse...

Caro Ediror! Não mantive esse rapaz na rua! Quem manteve ele nas ruas foi o descaso, o qual já estamos acostumados. Várias foram as vezes que chamamos os responsáveis.( MAS NINGUÉM PODIA NEGAR O DIREITO DE IR E VIR A ELE ).Se errei foi tentando acertar e não me omitindo.Se existe um culpado (SE È QUE EXISTE) é a falta de policiamento em nossas ruas, que inibiria a profissão de olhador de carro, daria mais segurança para quem precisa estacionar. E as pessoas não seriam coagidas a pagar por isto. E assim teriam menos dinheiro para as drogas. Porque quem manteve ele nas ruas foi a facílidade para conseguir dinheiro para as drogas.

vilena disse...

Esse rapaz que vcs falam ,tinha um nome ,era Leonardo.Há cerca de 6 meses atras ainda podíamos vê-lo andando pelo calçadão com seus 2 filhos pequenos,todos moradores do nosso nobre bairro(pitangueiras).
O que ocorreu fatidicamente, foi um dos muitos casos infelizes,que eventualmente pode acontecer com qualquer um de nós,já que somos humanos e estamos predispostos a certos males que atingem nossa raça(humana).
A loucura caros amigos,pode ser determinada pela genética??- talvez,existem estudos de pessoas que tem avós ou pais com historico de disturbios mentais,que podem desenvolver alguma patologia.
-Eu mesma, que recentemente fui diagnosticada com hipotiroidismo,e na minha ignorancia imaginava que a tireóide só atrapalhava a eterna vontade femenina de permanecer magra,descobri que é uma glandula que afeta "quase" tudo em nossa vida,o sono,o humor,o peso,a visão...e que é, pasmem : um dos motivos de falsos "diagnosticos" de loucura.
Onde quero chegar,queridos amigos??
Assistimos dia a´pos dia a degradação de um ser humano "normal",que em determinado momento,por alguma dificuldade que não nos é relevante;enlouqueceu!!!
E alguns de nós que sabiamos de seu historico,tentamos sim ajuda-lo,não a permanecer na rua como foi dito,mas intervindo atraves da ouvidoria municipal,da ação social,guarda municipal,etc.
Na verdade nenhum desses orgãos citados conseguiram dar-nos um parecer concreto.Tentamos inclusive a saude mental,o albergue,tudo que se posssa imaginar...
Então o que nos restava humanamente eram,palavras de conforto,comida,água potável...O que se pode oferecer a um ser em tamanho estado de degradação???
O que causou sua morte foi sua doença mal interpretada,não permancecer na rua!!!Senão,todos os dias teríamos cadáveres em nossas calçadas!!!
Historicos assim meus amigos,temos aos montes,pessoas pré julgadas por sua aparencia,ou modo de vestir,ou de falar,ou de pensar...
Eu trabalho com arte há 15 anos,e há 14 anos moro no Guarujá,sinto uma desolação imensa de ver a cidade abandonada(como estava o Léo),a cidade está doente...morimbunda...E os vampiros continuam sugando...E fazendo pose!Vivem uma realidade que não existe aqui.
O retrato atual do Guarujá é o Léo,ele foi tratado exatamente como o Guarujá vem sendo a anos,com total desrespeito,desumanidade,sordidez...Ele também foi abandonado pelo sistema,pelo caos...
Só me resta desejar que finalmente esteja em PAZ...
"Fica com Deus LEONARDO,dorme com os anjos,descanse..."