Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Desrespeito e falta de fiscalização...


Fwd: Praia do Tombo ontem‏
De:
Luiz Evandro Souza Medeiros (luiz1965@gmail.com)
Risco médio
Enviada:
segunda-feira, 2 de novembro de 2009 9:22:02
Para:
falecomodono@hotmail.com
From: Luiz Evandro Souza Medeiros <luiz1965@gmail.com>
Date: 2009/11/2
Subject: Praia do Tombo ontem
To: falecomodono@hotmail.com


Oi , gostaria de usar seu blog para denunciar mais uma omissao, um desrespeito, enfim, mais um atestado de incompetencia da atual administração; digo isso pois já se passaram dez meses de administração nova e na melhor das visoes, na qual me incluo, acredito que ela queira implementar um modo (isolado) de administrar, sem as conivencias, quase sempre danosas ao erário, do legislativo etc. etc. etc.

Mas os mendingos proliferam, os buracos estão sumindo (a teoria do buraco que cresce e abraça outro, virando um só...) e nesse dia de sol, Guarujá cheio, como prova que esta cidade resiste a tudo e a todos, mas a omissão dos "administradores" chega a afrontar o morador, o cidadão - eu nasci, cresci e trabalhei muito nesta cidade e já vi de tudo e sempre que entra um prefeito novo, eu tenho esperanças de que vai melhorar, mas parece que nao. 

É fundamental em qualquer atividade, que voce goste do que faz, que voce respeite, principalmente o administrador público, é preciso acima de tudo que ele ame a cidade; e nao digo isso só da prefeito, digo de todos os que estão ao seu lado (ou que fingem estar).

Enfim, minha indignação é com uma empresa chamada Batebola Esportes (site : http://www.batebolaesportes.com.br) que lançou um brinquedo em plena praia do Tombo, ontem, ocupando (ou pensando que iria ocupar) uma faixa de areia, em frente ao quiosque do rato; chegou cedo, colocou bandeiras delimitando o espaço e espalhou o brinquedo pela areia da praia, proximo ao mar - tratava-se de um fixador no solo, onde, por uma corda de uns tres ou quatro metros, permanecia amarrada uma bolinha de tenis e os participantes, com suas raquetes, praticariam o novo frescobol, com a vantagem (de preguiçoso) que a bola não iria embora (pois amarrada em uma corda ao cone central) e também nao atingiria ninguem .... Lindo, maravilhoso, nossas crianças estariam salvas, as boladas nao ocorreriam mais etc etc, mas o esperto da empresa instalou dez cones com bolas, raquetes e jogadores que ele ofertou dentre o publico e se cada jogo ocupa seis metros ou oito metros de raio (lembrando que a corda com a bolinha tem essa medida) e foram dez aparelhos, imagina como ficou a praia, que já é apertada, com a maré cheia, inumeras pessoas que gostam de caminhar... com essa turma batendo na bola e ocupando esse espaço imenso na praia.

Conclusão : nao dava para chegar na agua. Achei o organizador e de cara perguntei : a prefeitura autorizou isso ? ele respondeu que nao. Perguntei de novo : voce acha isso certo - ocupar a praia desse jeito ? aí ele quis me vender o produto - absurdo, ridículo e eu o interrompi e perguntei se ele conhecia a portaria da prefeitura que regulamenta o uso de esportes na faixa de areia da praia, onde, salvo engano meu, frescobol somente apos as dezesseis ou dezessete horas e depois das dezoito era o futebol, justamente para que a praia fosse inteligentemente utilizada pelos banhistas, pelas crianças, pelos veranistas que vem tomar sol, enfim, a portaria servia para regular toda comunidade. Nesse instante, o senhor organizador tipico - prancheta na mao, bone virado para tras e um oculos lindo, ostentando uma camiseta com a marca e o produto da empresa, ficou quieto olhando pra minha cara, quando entao comuniquei-lhe que iria chamar a policia para recolher o material dele (já que prefeitura ninguem acha), mas esperava o bom senso dele, mesmo porque envolve o nome da empresa e poderia machucar alguem.

Realmente bom senso ele teve e recolheu todos os kits, certo ? certo nada, ele instalou os kits profissionais para os atletas, possivelmente profissionais e campeoes dessa modalidade fazerem exibição - ai ferrou tudo; as raquetadas eram profissionais, cada porrada pra lá, pra cá e as crianças, senhores, senhoras tudo no meio, lindo.

Verdade seja dita, os exibicionistas eram profissionais e via-se a preocupação deles com as pessoas, tanto que inumeras vezes ficavam parados com a proximidade desorientada de crianças e até adultos, que nunca poderiam presumir que a faixa da areia, naquele dia e horário, estava sendo alugada, emprestada para um esporte.

Mais certo ainda que nao vi ninguem morto ou lesionado (rs rs rs), mas ficou o atestado de incompetência, a irresponsabilidade, o deslecho, o abandono patenteado pela prefeitura.

Estou copiando o texto no e-mail da empresa.

Um abraço
Luiz Evandro Souza Medeiros

3 comentários:

Anônimo disse...

Interessante o que essas pessoas fazem,vem para a praia,e acham que podem fazer tudo,sem nenhum respeito a lei,a regras de boa convivência com os outros,gostaria de saber o nome desse material "esportivo"para escrever para eles,e fazer a propaganda BEM NEGATIVA QUE ELES MERECEM.

E VAMOS TER QUE AGUENTAR ESSA ADMINISTRAÇÃO MAIS 3 ANOS,ISSO É PENITÊNCIA.

ASS SERGIO CESAR

RADIALISTA

Anônimo disse...

E por caso essa administração tem competência par algo ????

E não me venha querer defender a antiga adm,que era uma porcaria tb.

Patricia disse...

Muito bom, são cidadãos como voce, indignados e não omissos, que permitem que paulistanos como nós tenhamos ainda esperança de usufruirmos uma Guarujá, limpa de qualquer tipo de poluição, inclusive a humana como citada em seu relato, mais uma vez.
PARABÉNS....
Patricia e Marcelo