Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

quinta-feira, 31 de março de 2011

Cremesp alerta médicos sobre surto de conjuntivite em São Paulo,litoral e interior.

31/03/2011 

DE SÃO PAULO

O grande número de casos de conjuntivite levou o Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) a divulgar um alerta aos médicos do Estado.


Em nota divulgada nesta quinta-feira, o Conselho afirma que, nos três primeiros meses deste ano, surtos já atingiram mais de 42 mil pessoas em mais de 20 cidades. O vírus é considerado altamente contagioso.
Entre as orientações dadas pelo Cremesp estão:

- procurar assistência médica;
- evitar a automedicação;
- não usar colírios contendo antibióticos;
- lavar os olhos somente com água mineral, filtrada ou fervida --de preferência gelada;
- não lavar os olhos com soro fisiológico ou água boricada
- lavar frequentemente as mãos

NOTA
Leia a íntegra da nota divulgada pelo Cremesp:
"Alerta aos médicos sobre conjuntivite
Diante da gravidade e da rápida propagação de recentes surtos de conjuntivite aguda no Estado de São, que já atingiram mais de 20 cidades e acometeram mais de 42 mil pessoas nos três primeiros meses de 2011, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) vem alertar os médicos, profissionais e serviços de saúde, autoridades sanitárias e população.
Os atuais surtos de conjuntivite são causados principalmente pelo vírus Coxsackie A 24, altamente contagioso, com grande transmissibilidade em locais fechados, escolas, creches, ambientes de trabalho e familiar.
A transmissão se dá por meio do contato direto com a secreção do olho de uma pessoa infectada e de maneira indireta por meio de contato com superfícies, toalhas, instrumentos ou soluções contaminadas.
O oftalmologista e conselheiro do Cremesp, dr. Adamo Lui Netto, orienta os médicos que a maioria dos casos em São Paulo tem apresentado hiperemia, reação folicular na conjuntiva tarsal superior e inferior, hemorragia subconjuntival, além de inflamação palperal leve, moderada ou intensa.
A conjuntivite é uma doença com duração de sete dias na maioria dos casos. A correta assistência médica garante o diagnóstico clínico e o tratamento adequado.
Outras doenças podem surgir durante a evolução clínica da conjuntivite, podendo passar despercebidas em surtos com grande número de casos.
Por isso, segundo dr. Adamo Lui Netto, os médicos devem estar atentos para eventuais complicações da conjuntivite, além da ulceração corneal e da blefarite.
Dicas de saúde para a população
O Cremesp solicita aos médicos que orientem a população com 10 dicas essenciais: 1) procurar sempre assistência médica quando surgir sinais de conjuntivite, 2) evitar a automedicação, 3) não usar colírios contendo antibióticos, pois a conjuntivite predominante nos surtos atuais é de origem viral, 4) lavar os olhos somente com água mineral, filtrada ou fervida, de preferência gelada, 5) não lavar os olhos com soro fisiológico ou água boricada), 6) lavar frequentemente as mãos, 7) usar somente lenços descartáveis ou gaze, 8) não compartilhar toalhas, maquiagem para os olhos, colírios e outras soluções, 9) trocar constantemente de fronhas; 10) evitar locais aglomerados, quando da ocorrência de surtos.
Aos próprios médicos e aos profissionais de saúde, o Cremesp lembra que devem: 1) lavar as mãos antes e depois do atendimento dos pacientes; 2) usar luvas estéreis durante o exame e a coleta de amostras, com descarte adequado, 3) verificar a esterilização sistemática de instrumentos utilizados para o exame oftalmológico e o diagnóstico, 4) contribuir com as autoridades de saúde na identificação e na notificação dos casos.
Por fim, o Cremesp reitera que as medidas de higiene e o tratamento adequado da conjuntivite constituem as principais medidas de prevenção."
Editoria de Arte/Folhapress


No dia 23 de fevereiro postamos pela primeira vez a reclamação desse entulho na calçada. Naquela época já fazia mais de 15 dias...

domingo, 27 de março de 2011

O valor de um blog ... O valor de um blog está na credibilidade de quem o escreve.



Blogs
O valor de um blog está na credibilidade de quem o escreve.
Os veículos tradicionais da mídia, grandes, médios ou pequenos, rádios ou televisão estariam mais sujeitos a influencias de toda natureza com a finalidade de dirigir a pauta e o editorial?
A meu ver qualquer veículo, até mesmo um panfleto, está sujeito a orientação de quem o edita.
Dessa forma, fica mais fácil você avaliar a notícia, mercê da credibilidade do autor, do que de um editorial ou matéria atribuída à redação atendendo uma pauta.
Conheça os fatos sob a ótica de quem os escreve.
Procure conhecer o jornalista ou o editor do veículo e você certamente saberá avaliar o peso da notícia, de acordo com quem a escreveu.



O Editor

sábado, 26 de março de 2011

Prefeitura terá que pagar R$ 10 mil para aposentada que caiu

26/03/2011 - 

Uma aposentada de Sorocaba (99 km de São Paulo) pode receber R$ 10 mil de indenização por ter caído na calçada.

Vera Aparecida de Arruda Miranda, 64, conta que o acidente aconteceu por culpa do tipo de piso. Ela processou a prefeitura e ganhou a causa no início do mês. 
A administração disse que pretende recorrer.
Vera conta que, ao cair, em 2005, percebeu que havia quebrado o pulso. 
A Justiça concluiu que a queda ocorreu porque a prefeitura instalou um piso sem aderência.
A prefeitura informou que já iniciou a substituição.


Fôlha de São Paulo

quinta-feira, 24 de março de 2011

Moradores de Guarujá pagam menos para “andar” de ônibus neste domingo (27)


24/03/11

Neste domingo (27), os moradores de 
Guarujá pagam mais barato pela 
tarifa do transporte coletivo. 
Por força do Decreto 8.841/ 2010,
assinado pela prefeita Maria Antonieta de Brito
em janeiro do ano passado, todo último
domingo do mês, a passagem é reduzida de
R$ 2,40 para R$ 1,50.
transporte publico Guarujá
As políticas de transporte urbano da prefeita 
não se resumem à tarifa social. 
Em Guarujá, idosos a partir de 60 anos
 têm passagem livre nos veículos de 
transporte coletivo urbano.  
Guarujá é o único município da 
Baixada Santista a adotar a medida. 
Na maioria dos municípios brasileiros, 
os idosos só deixam de pagar a tarifa a partir 
dos 65 anos.
A Prefeitura também firmou “Termo de 
Compromisso para Melhoria na Qualidade,
Eficiência e Modernidade
na Rede de Transporte Público de Guarujá (RTG) com a Translitoral, concessionária do transporte 
coletivo na Cidade. 
Com isso novos ônibus, todos adaptados, 
foram incorporados à frota de veículos da empresa. 
Ao todo, 82% da frota possuem acessibilidade.

Guarujá recebe Campanha Sangue Corinthiano neste sábado (26)


Este sábado (26) é dia de doar sangue. 
A Campanha Sangue Corinthiano chega a Guarujá com a iniciativa de salvar vidas.
O ponto de coleta será no Banco de Sangue do Hospital Santo Amaro (Rua Quinto Bertoldi, 40 – Vila Maia), das 8 às 11 horas.
 
É preciso apresentar um documento de identidade original e há alguns critérios para ser doador, como ter entre 18 e 65 anos, peso mínimo de 50 quilos e ter descansado no mínimo seis horas nas últimas 24.
 
As pessoas que já doaram sangue este ano podem doar novamente. Para os homens, o intervalo mínimo entre as doações é de 60 dias. Já para as mulheres é de 90 dias. Todos os doadores receberão uma camiseta para divulgar esse ato de amor ao próximo. 
 
Não pode doar – Quem estiver grávida ou amamentando, ter ingerido bebida alcoólica nas últimas seis horas, estar gripado ou com febre, portadores de HIV, HBV, HCV ou HTLV, pessoas que já viveram situações sexuais de risco. Também não é aceita a doação de usuários de drogas ou medicamentos contra-indicados para doação, anêmicos, quem fez tatuagem, piercing ou acupuntura nos últimos 12 meses, e pessoas com histórico de doenças hematológica, cardíaca, renal, pulmonar, hepática, ato-imune, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramento anormal, convulsão após dois anos de idade ou epilepsia, sífilis, doença de Chagas ou malária.
 


PREFEITURA DE GUARUJÁ – Assessoria de Imagem e Comunicação Pública – Tel.: (13) 3308-7470
Jornalista responsável: Karina Praça (MTb. 43.955) 

Guarujá - Sem vistoria, balsas ficarão paradas por 150 dias

Baixada SantistaGuarujá


Santos-Guarujá
Ronaldo Abreu Vaio

Créditos: Carlos Nogueira

Respire fundo e responda: o que acontece se você não renovar a licença do seu carro? Caso a polícia o pare na rua, o carro é proibido de transitar e você ainda recebe multa. 
Guardadas as devidas proporções, foi basicamente isso o que aconteceu com as balsas FB-14 e FB-19, que operam na travessia entre Santos e Guarujá. Ao que tudo indica, a Dersa dormiu no ponto, deixou de fazer uma vistoria periódica obrigatória e o Certificado de Segurança da Navegação (CSN) não foi expedido. 



Com isso, as embarcações ficarão paradas por cerca de 150 dias, como informou a assessoria de comunicação da Dersa. Esse foi o principal motivo de mais um caos vivido nos últimos dias na travessia entre Santos e Guarujá. O outro motivo foi uma pane na balsa FB-17. Na manhã de terça-feira, a espera chegava a uma hora e meia. 

O certificado é emitido por uma empresa, reconhecida pela Diretoria de Portos e Costas (DPC) do Brasil, como comprovante das vistorias periódicas. Essas vistorias são baseadas nos preceitos da norma que trata de embarcações que atuam na navegação de mar interior (Normam 02). Hoje, no País, há 13 empresas cadastradas pelo DPC, para realizar as vistorias e expedir o certificado. Para embarcações do tipo das balsas da Dersa, o certificado vale por quatro anos.



Nesse período, são feitas três vistorias intermediárias de equipamentos, nos três primeiros anos, para endosso do certificado.
 No segundo ano, é feita uma vistoria completa. 
Além dos equipamentos, também o casco, as máquinas, a parte 
elétrica e de rádio passam pela perícia. 
Por fim, no quarto ano, é feita outra revisão completa, só que dessa vez para renovação do certificado. 
Se é encontrada alguma irregularidade, de responsabilidade 
da Capitania dos Portos, a embarcação é autuada.
Para o certificado vencido, o procedimento é similar àquele dos automóveis: a autuação só acontece se o barco estiver transitando'.


Reforço


Em nota, a assessoria de comunicação da Dersa não forneceu os motivos para os certificados terem expirado. Informou apenas que hoje vai deslocar de Bertioga a balsa FB-21 para a travessia entre Santos e Guarujá.
Na semana que vem, chegará do Litoral Sul a FB-12. De acordo com a nota, o sistema voltará "à normalidade, com sete embarcações" operando.
Só que, as duas balsas que foram retiradas para renovação do CSN têm, juntas, capacidade para 79 veículos. As que estão chegando transportam 52. Um déficit de 27 veículos. 



terça-feira, 22 de março de 2011

Com 4 balsas, travessia Santos/Guarujá tem espera mais longa

TERÇA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 20

22/03/2011 - 20h20

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

A travessia entre Guarujá e Santos, no litoral de São Paulo, operou com quatro balsas nesta terça-feira, o que aumentou o tempo de espera. Normalmente a travessia é feita por sete embarcações.
A Dersa, responsável pelo transporte, disse que a espera foi maior nesta terça, mas não informou em quanto tempo.
De acordo com a empresa, duas balsas estão paradas para renovação do CSN (Certificado de Segurança de Navegação) e devem ficar fora de circulação por cerca de 150 dias. 
A Dersa não informou desde quando as embarcações estão paradas.
Segundo a empresa, nesta quarta-feira (23) uma balsa com capacidade para 28 veículos entra em operação e, na próxima semana, uma outra embarcação com capacidade para 24 carros integrará o sistema. 
A Dersa afirma ainda que está buscando colocar mais uma balsa para operar no horário de pico --entre 17h e 19h.
A Dersa diz que "não medirá esforços para que esses empecilhos sejam sanados o mais breve possível. Para tanto, estão sendo reavaliados os contratos e medidas emergenciais serão implantadas para agilizar os serviços nas travessias litorâneas".

Ambulante? Fábrica de salgados e doces?


Clique na foto para ampliar

Não dá para entender a fiscalização do Guarujá.
Como pode permitir que um carrinho desse tamanho fique estacionado na calçada de uma avenida como a Pugliese no centro do Guarujá e ao lado de um ponto de ônibus e da delegacia da cidade? Como se não bastasse,estende uma faixa de mais de dois metros quadrados oferecendo doces e salgados sem fiscalização sanitária. Depois não querem que nós cidadãos reclamemos e coloquemos na internet a avacalhação que está a cidade. Estamos nivelando a cidade por baixo e nunca mais seremos a Pérola do Atlântico.
E tem mais...acabei de receber a denúncia de que esse "ambulante" tem um carrinho idêntico próximo da rodoviária do Guarujá. 
Quem puder fotografe e envie a foto para publicarmos.



"Ambulante? Fábrica de salgados e doces?"

3 Comentários - Mostrar postagem originalRecolher comentários


Blogger ivanluis.santos disse...
cara voce poderia procurar oque fazer em ves de ficar cuidando dos vendedores ambulantes pois fique voce sabendo que tem fiscalisa;ao sim e da vigilancia sanitaria tambem seu mao informado tenho certeza que esse carrinho e mais limpo do que a sua casa. a e voce ta ganhado o que com isso seu ivejoso
15 de março de 2011 02:30
Anônimo Anônimo disse...
Marinho, precisa cobrar do Sr. Adilson Cabral as renovações de licenças sejam revistas, pois sem critério as mesmas continuam sendo renovadas desde que se paguem as taxas e os fiscais depois nada podem fazer, o que precisa é não renovar essas licenças onde os requisitos e a Lei não está sendo cumprida.
15 de março de 2011 08:28
Blogger Luiz Evandro disse...
ÔÔÔ sr. "invaluis.santos", que nao mostra a cara e nem de onde veio, vou te falar uma coisa: se nos fossemos parecidos com o MARIO, Guarujá não teria ambulantes burlando a Lei, tornando a cidade mais suja, mais imunda. MÁRIO, parabens e continue assim "IVEJOSO", HA, HA ha ha ha; viu Mário, voce tem inveja, digo, iveja de ambulante ???!!! incrível ...

sábado, 19 de março de 2011

Ambulantes querem criar associação para negociar polêmica das frituras.


O Jornal A Estância do Guarujá, traz na sua edição de 19 a 25 de março de 2011, notícia de que os ambulantes que trabalham com alimentos nas praias de Guarujá, reuniram-se nesta segunda feira dia 14 para discutir entre outros temas, a medida que os proíbe de trabalhar com frituras e a formação de uma associação para representar a categoria.
O encontro teria contado com a presença de 200 ambulantes e entre as autoridades estava o vereador Gilberto Benzi e o secretário especial de relações com a Comunidade da Prefeitura, Averaldo Menezes.
Ainda segundo o Jornal, o consenso é de que a alternativa é promover o desenvolvimento, achando um meio ecologicamente correto para dar fim ao óleo utilizado nas frituras feitas na praia.
São várias as nossas preocupações com o assunto em tela.
Em primeiro lugar, o fórum para discussão dessa medida, tardiamente tomada pela Prefeitura Municipal do Guarujá, deve ser o cumprimento da Lei. A dita polêmica é uma desculpa para o não cumprimento da Lei.
É mais do que sabido por todos que a lei deve ser cumprida e que se ela não for boa, deve ser modificada ou revogada por quem de direito.
Ter se furtado a fazer com que a Lei fosse cumprida, foi uma ação politiqueira de tantos quantos nunca se preocuparam nem com os ambulantes nem com o meio ambiente muito menos com os cidadãos.
Ter permitido que a situação perdurasse por mais de treze anos, permitiu também o que resultou no descumprimento de tantas outras Leis que regulamentam comércio ambulante.
Dessa maneira, para a grande maioria, o direito dos cidadãos enquanto usuários das praias, consumidores das comidas preparadas sem maiores cuidados e dos comerciantes regularmente estabelecidos, que pagam caro para manter seus bares e restaurantes foi totalmente preterido.
Horário de funcionamento, número de mesas e cadeiras, regulamentação da publicidade, uniforme e apresentação dos funcionários, condições de higiene e outras são totalmente ignorados.
A discussão sobre os ambulantes nas praias deve ir muito além da possibilidade de preparar ou não comida, fazer ou não frituras, do armazenamento e descarte dos restos e lixo e do uso de botijões de gás.
O que se vê de fato e nas fotos veiculadas na internet são barracas sujas, sem padronização, com equipamentos impróprios e funcionários despreparados e contratados ao arrepio da lei.
Notem que a falta fiscalização e exigência das normas existentes podem ter prejudicado mais aos ambulantes do que muitos podem imaginar.
Ambulantes ilegais, os dos isopores e bancas, fazem concorrência aos legalizados vendendo mais barato.  Ao vender menos, os legalizados tem menor rentabilidade e menos condições de cumprir a Lei, nivelando por baixo toda a atividade nas praias. Essa é a verdade!
O assunto é longo para uma discussão aqui e que deveria ter sido iniciada há treze anos e que não pode terminar com um “deixa prá lá” ou uma gritaria, que fará permanecer o estado de caos em que se encontra o comercio ambulante nas praias do Guarujá.
Quanto ao Vereador Gilberto Benzi e aos dirigentes das Associações já existentes no Guarujá, fica o lembrete de que ações politiqueiras e omissões tais quais as que se vê, não passam mais despercebidas de associados e eleitores.
Para cada voto cabalado em reuniões que pretendem acomodar situações, sem discutir e resolver problemas temos agora milhares de cidadãos que tomam conhecimento da real situação e concordam ou não com, o poder de seu voto.
Se você cidadão acha que a sua Associação de Classe está se omitindo das discussões a respeito, de assuntos importantes como esse, peça seu desligamento. Você estará poupando seu dinheiro bom com gente que só quer se promover e aparecer ao lado das autoridades.
No que diz respeito ao seu voto para a eleição de Vereadores e Prefeito, ele será valiosíssimo. Nessa época da internet que já derrubou ditaduras, está cada vez mais fácil saber quem é quem e em quem você não deve votar.