Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

quinta-feira, 24 de março de 2011

Guarujá - Sem vistoria, balsas ficarão paradas por 150 dias

Baixada SantistaGuarujá


Santos-Guarujá
Ronaldo Abreu Vaio

Créditos: Carlos Nogueira

Respire fundo e responda: o que acontece se você não renovar a licença do seu carro? Caso a polícia o pare na rua, o carro é proibido de transitar e você ainda recebe multa. 
Guardadas as devidas proporções, foi basicamente isso o que aconteceu com as balsas FB-14 e FB-19, que operam na travessia entre Santos e Guarujá. Ao que tudo indica, a Dersa dormiu no ponto, deixou de fazer uma vistoria periódica obrigatória e o Certificado de Segurança da Navegação (CSN) não foi expedido. 



Com isso, as embarcações ficarão paradas por cerca de 150 dias, como informou a assessoria de comunicação da Dersa. Esse foi o principal motivo de mais um caos vivido nos últimos dias na travessia entre Santos e Guarujá. O outro motivo foi uma pane na balsa FB-17. Na manhã de terça-feira, a espera chegava a uma hora e meia. 

O certificado é emitido por uma empresa, reconhecida pela Diretoria de Portos e Costas (DPC) do Brasil, como comprovante das vistorias periódicas. Essas vistorias são baseadas nos preceitos da norma que trata de embarcações que atuam na navegação de mar interior (Normam 02). Hoje, no País, há 13 empresas cadastradas pelo DPC, para realizar as vistorias e expedir o certificado. Para embarcações do tipo das balsas da Dersa, o certificado vale por quatro anos.



Nesse período, são feitas três vistorias intermediárias de equipamentos, nos três primeiros anos, para endosso do certificado.
 No segundo ano, é feita uma vistoria completa. 
Além dos equipamentos, também o casco, as máquinas, a parte 
elétrica e de rádio passam pela perícia. 
Por fim, no quarto ano, é feita outra revisão completa, só que dessa vez para renovação do certificado. 
Se é encontrada alguma irregularidade, de responsabilidade 
da Capitania dos Portos, a embarcação é autuada.
Para o certificado vencido, o procedimento é similar àquele dos automóveis: a autuação só acontece se o barco estiver transitando'.


Reforço


Em nota, a assessoria de comunicação da Dersa não forneceu os motivos para os certificados terem expirado. Informou apenas que hoje vai deslocar de Bertioga a balsa FB-21 para a travessia entre Santos e Guarujá.
Na semana que vem, chegará do Litoral Sul a FB-12. De acordo com a nota, o sistema voltará "à normalidade, com sete embarcações" operando.
Só que, as duas balsas que foram retiradas para renovação do CSN têm, juntas, capacidade para 79 veículos. As que estão chegando transportam 52. Um déficit de 27 veículos. 



Nenhum comentário: