Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Alckmin descarta ponte e anuncia túnel; obra começa em 2013



 11 de agosto de 2011


De A Tribuna On-line


Créditos: Davi Ribeiro


Atualizado às 14h16
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) antecipou o que anunciaria no Agenda Metropolitana, no Mendes Convention Center, e deu uma boa notícia nesta quinta-feira à população da Baixada Santista. Ele garantiu que a ligação seca entre Santos e Guarujá será feita por um túnel e que a obra sairá do papel ainda no seu mandato.


Com valor da obra estimado em R$ 1,3 bilhão, o túnel, já que a ponte ligando as duas cidades foi descartada, deve começar a ser construído em março de 2013, conforme afirmou o governador em entrevista à 1ª edição da TV Tribuna. A obra deve durar três anos.


Em março do ano passado, o então governador José Serra havia anunciado a construção de uma ponte que faria a ligação entre os dois municípios da região. Alckmin explicou por que a ponte foi descartada.  



Estudos feitos por empresas especializadas mostraram que a ponte traria problemas à região. Primeiro, por limitar a altura dos navios. "Não sabemos o que vai ocorrer daqui a 20, 30 anos, com a vinda dos grandes navios. E a outra, há também um limitante do aeroporto: uma ponte muito alta, entra nas cidades e tem grande impacto urbanístico, deteriorando muitas vezes as regiões".


Então, segundo ele, o estudo mostrou que o melhor caminho era o túnel, com menos impacto à região. "Passam pessoas a pé, de bicicleta, de automóvel, de ônibus". O túnel ligará Vicente de Carvalho, em Guarujá, a Outeirinhos, em Santos. Os detalhes da obra serão divulgados pelo governador nesta tarde.



A obra terá valor estimado em R$ 1,3 bilhão e será custeada pelo governo do Estado, disse Alckmin. Esse montante inclui o túnel, que terá 900 metros de comprimento, desapropriações e compensações ambientais, além de acessos e obras viárias. "Devemos começar a obra em março de 2013. Agora, faremos audiências públicas, depois, contrataremos o projeto executivo e, por fim, a licitação". 

VLTDe acordo com Alckmin, o governo também tem pressa em licitar rapidamente o projeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que faria, inicialmente, a ligação entre Santos e São Vicente. Em fevereiro, nenhuma empresa apareceu na sede da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, interessada em explorar o Sistema Integrado Metropolitano (SIM) da Baixada Santista. A licitação foi declarada deserta. "Para não correr novamente esse risco, o governo fará a obra física".O VLT, nessa primeira etapa, fará o trajeto do Porto ao Valongo. E, para atender a Petrobras e a demanda do pré-sal, do Porto até a Ponte de Barreiros, em São Vicente. "Depois, pretendemos expandir para Praia Grande e Guarujá". O governador disse que a obra do túnel deve durar três anos e do VLT, um pouco menos. "Nós pretendemos entregar no nosso mandato o VLT operando e o túnel, bem adiantado".O Veículo Leve fará parte do Sistema Integrado Metropolitano (SIM), também composto por linhas de ônibus locais e interurbanas. 
A ganhadora da licitação teria de operar os dois serviços de transporte.
A primeira fase do SIM, entre Santos e São Vicente, tem custo estimado em R$ 700 milhões. Conforme o edital original de concorrência, a concessão dos serviços terá 25 anos de duração, com faturamento previsto de R$ 4,7 bilhões, no período, para a vencedora. Agenda metropolitanaO governador Geraldo Alckmin está em Santos com seus secretários estaduais para participar de plenária da Agenda Metropolitana de Santos.
O evento, no Mendes Convention Center,­ reunirá representantes dos nove municípios da Baixada Santista, com o objetivo de serem firmados compromissos e a inclusão de projetos no orçamento do Estado. A expectativa é de o governador anunciar investimentos para a região.



Nenhum comentário: