Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Cão adota Prefeitura de Guarujá como casa


Sexta-feira, 9 de setembro de 2011 - 06h47
Inusitado


Da Redação

Créditos: Rogério Soares
O cão já chegou a ser levado para o Canil Municipal de Guarujá, mas teve depressão

Tudo começou há alguns meses. Depois de muito rondar, ele finalmente tentou entrar no Paço Municipal Raphael Vitiello, em Guarujá. Tentou uma, duas, três vezes, mas funcionários do local não permitiram. Entretanto, com seu jeito amigável e insistente o cão acabou ganhando a confiança dos servidores, que o batizaram com o nome de um ex-político da Cidade. Desde então, ele se tornou o mascote do Paço. 

O cachorro transformou o local em seu lar e recebe alimentos e até remédios dos funcionários da Prefeitura. De porte médio e raça indefinida, o cão é dócil e se acostumou com a circulação de pessoas. Só não suporta duas coisas: mexerem com ele quando está comendo e ver uma câmera apontada em sua direção. No primeiro caso, seu instinto de defesa fala mais alto e ele mostra os dentes. Já no segundo, fica acuado e sai de perto. 

O cão já chegou a ser levado para o Canil Municipal de Guarujá, onde recebeu vacina e foi castrado. Ficou em observação durante um tempo, mas logo bateu a depressão,  provavelmente por dois motivos: saudade do Paço Municipal e da comida humana que recebe lá, já que no canil só era alimentado com ração (mais apropriada).

De volta a seu local de origem, ele agora já não tenta mais entrar no prédio público. Gosta de ficar perambulando durante o dia pelo local e, à noite, ajuda o guarda-municipal na segurança. A esperança de funcionários municipais é que alguém se comova com a docilidade do animal e decida adotá-lo, da mesma forma que ele adotou os trabalhadores que vê diariamente na Prefeitura.

Nenhum comentário: