Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Argentino morto em condomínio de luxo usava nome falso


De A Tribuna On-line

Com informações da TV Tribuna


O corpo do argentino morto a tiros em uma casa no Jardim Acapulco, em Guarujá, foi reconhecido nesta terça-feira por familiares. Durante depoimento na Delegacia Sede de Guarujá, a polícia descobriu que ele usava nome falso. Gabriel Alejandro Gonzalez na verdade era Fabiano Alejandro Digliese.


Segundo a família, Fabiano trabalhava com importação e vinha sempre ao Brasil. Ele costumava ficar hospedado na casa da companheira dele em Balneário Camburiú, em Santa Cataraina. 

Para o delegado Claudio Rossi, o argentino era uma pessoa de conduta duvidosa. “Indica que ele estava aqui para fazer alguma coisa errada ou que já tinha feito. De repente era procurado no país dele por envolvimento em crimes e usou documentação falsa”, declarou. 


Créditos: Reprodução/TV Tribuna

O argentino e um colombiano foram assassinados no sábado à noite


O argentino de 40 anos foi assassinado no sábado à noite. Ele e o columbiano Bernardo Castanha foram encontrados pela polícia com ferimentos a bala. As vítimas foram socorridas, mas não resistiram. 

Um funcionário da casa, encontrado com as mãos e pés amarrados, contou que estava com o patrão e três colegas dele, todos argentinos. Antes do crime, Bernardo saiu para encontrar outros amigos. 



Créditos: Reprodução/TV Tribuna

Carro da vítima foi localizado abandonado em uma rua no bairro da Enseada


Logo depois, ainda segundo a versão do funcionário, os argentinos, dois deles armados, passaram a agredi-lo e o amarraram. Eles queriam o dinheiro que estava na casa. O empregado foi obrigado a tomar um comprimido e dormiu.

Entre os objetos achados no local foram apreendidos R$ 2.320,00. Durante a investigação a polícia conseguiu as imagens, pelo sistema de vigilância, dos dois argentinos que fugiram em um veículo de passeio. O carro foi encontrado abandonado em uma rua no bairro da Enseada. 

Estrangeiros são assassinados em condomínio de luxo no Guarujá


PUBLICIDADE
ANDRÉ CARAMANTE
DE SÃO PAULO

Um colombiano e um argentino foram mortos a tiros, na noite de sábado (26), dentro de uma casa no condomínio Jardim Acapulco, um dos mais luxuosos do Guarujá, no litoral sul de São Paulo.

Recentemente, o jogador Neymar, do Santos, comprou uma casa no condomínio.
Após ouvir o barulho de quatro tiros, os vizinhos 
acionaram a polícia, que encontrou o 
colombiano Bernardo Castanho baleado três
vezes  no rosto. 
A vítima estava caída na varanda da casa.

O argentino Gabriel Alejandro Gonzales, 35,
 foi ferido com um tiro no peito e estava na sala da casa. 
Castanho era o dono do imóvel.
Um terceiro estrangeiro, também colombiano e
 de 33 anos, foi encontrado pela polícia amarrado
 pelas mãos 
e pelos pés em um dos cômodos da casa onde
 o crime aconteceu. 
Ele era funcionário de Castanho.
Dois argentinos, que estiveram com as vítimas 
no local do crime horas antes dos 
assassinatos, são procurados pela Polícia Civil 
de São Paulo sob a suspeita de participação no crime.



Luiz Carlos Murauskas-13.dez.00/Folhapress
Rua do condomínio Jardim Acapulco, no Guarujá; estrangeiros foram assassinados a tiros


Rua do condomínio Jardim Acapulco, no Guarujá (litoral de SP); estrangeiros foram assassinados a tiros


Setores de inteligência da Polícia Civil no litoral do Estado e também do Denarc (departamento de narcóticos) investigam se traficantes internacionais de drogas têm participação nas mortes de Gonzales e Castanho e se elas foram motivadas por vingança.

Na noite de sua morte, Castanho havia se encontrado com um comerciante, de 39 anos e cujo nome não foi revelado pela polícia, e dois amigos dele em uma padaria.

Esse comerciante e seus dois amigos tinham viajado de Sorocaba (99 km de SP), para fazer negócios com Castanho e decidiram seguir para a casa dele no condomínio de luxo.
Ao chegarem na casa, segundo a versão desse comerciante à polícia, Castanho foi rendido por Gonzales, que estava armado.

Os dois amigos do comerciante, no entanto, disseram não saber se foi Gonzales quem rendeu Castanho porque fugiram do local antes.

Por medo, pais de alunos ficam em fila para matricular filhos no Guarujá





Ensino Fundamental

TV Tribuna


As matrículas para alunos da rede estadual de ensino começam na sexta-feira. Mas,  para garantir uma vaga, pais de estudantes de Guarujá já fizeram desde segunda-feira filas em creches do Morrinhos e da Vila Zilda. 


A auxiliar de limpeza Camila Fernandes chegou às 16 horas de segunda-feira, passou à noite e hoje às 9 ainda estava lá. A manicure Dailza Nascimento viveu situação parecida. Chegou às 18 horas de segunda.  "Já tem dois anos que passo a noite fora, na fila, para ter vaga para os meus filhos no Município. Isso é uma vergonha. Eu como cidadã do Guarujá estou decepcionada”. 

Para garantir lugar na fila, pais organizaram um revezamento. A cada período, trocavam de lugar com parentes e amigos. As mães dizem que se não chegassem com antecedência por mais de 12 horas ficam sem vaga. 

Vagas garantidas 

A Prefeitura de Guarujá garantiu que todas as crianças que vão entrar na Educação Infantil, em 2012, terão a vaga garantida. 

De acordo com a secretária da Educação Priscila Bonini, há muitas unidades na rede municipal. "Às vezes, os pais querem uma unidade em frente à sua casa. Mas, todas as crianças terão direito a uma vaga. O ano passado foi o mesmo problema, as mães dormiram na fila sem a menor necessidade". 

Ainda de acordo com a secretária, há muita procura para essas duas creches de Morrinhos e Vila Zilda. “Em uma há 20 vagas disponíveis e na outra 100. Pode existir uma lista de espera, mas ninguém ficará sem estudar”.

Mais segurança - Guarujá ganha quartel da Polícia Militar


De A Tribuna On-line
A região leste de Guarujá ganhará um quartel da Polícia Militar. Com a licença ambiental liberada pela Cetesb, a construção do novo equipamento será viabilizada. 

O quartel será construído próximo ao Morro da Vila Baiana, na Enseada, com investimento de R$ 2,5 milhões em uma área de quase 25 mil m². Serão quatro prédios: a sede do batalhão, alojamento, sede da Força Tática e da motomecanização. O terreno onde será erguido o novo equipamento foi doado pela Prefeitura. 

“Agora, o próximo passo será reunir as partes envolvidas: os técnicos da Prefeitura, o comando da Polícia Militar e a Sobloco Construtora, empresa que construirá o quartel. Acredito que poderemos iniciar as obras em janeiro”, comentou o secretário de Meio Ambiente de Guarujá, Elio Lopes dos Santos. 


Luciano Huck relembra a infância no Guarujá e se emociona com foto do avô

O apresentador esteve na cidade para gravar o quadro Lar Doce Lar


29/11/2011 às 11h48 
Atualizado em 29/11/2011 às 11h58
Luciano Huck posta foto da infância no colo do avô (Foto: Caldeirão do Huck/Tv Globo)Luciano Huck posta foto da infância no colo do avô
Luciano Huck se emocionou ao visitar o Guarujá, região litorânea do estado de São Paulo. O apresentador esteve na cidade para a gravação do quadro Lar Doce Lar, que vai ao ar no Caldeirão do próximo sábado, e aproveitou para matar as saudades dos tempos de infância.
Huck costumava passar as férias na praia com a família. "Passei minha infância no Guarujá e pirei nas lembranças", postou o apresentador em seu perfil na rede social. Para matar ainda mais a saudade, Luciano Huck fez questão de levar uma foto onde aparece no colo do avô se divertindo na Praia de Pitangueiras, uma das mais frequentadas da cidade. A foto mostra que no lugar do morro, os novos prédios tomam conta do atual cenário. "Levei esta foto: eu e meu avô na Praia de Pitangueiras. "Encaixei" nos dias de hj. Muitos prédios surgiram e o morro quase sumiu. Olha ai...", escreveu Huck, que entregou uma casa na Vila Rã, comunidade do local.

Novas pistas a respeito colombiano morto no Jardim Acapulco no Guarujá polícia encontra o carro da vítima

TV Tribuna

Créditos: Rogério Soares
Luxuoso condomínio do Jardim Acapulco
Atualizado às 20h15
A Polícia Militar de Guarujá encontrou o carro do colombiano Bernardo Castanho, morto a tiros em uma casa no Jardim Acapulco. No imóvel também estava o corpo do argentino Gabriel Alejandro Gonzales, de 35 anos. 

O Jetta prata foi localizado aproximadamente 20 horas após a morte dos estrangeiros. O veículo estava trancado e abandonado em uma rua do bairro da Enseada. 

Segundo investigações, dois argentinos teriam escapado com o automóvel. A polícia conseguiu imagens deles e trabalha para identificá-los. De acordo com o delegado Claudio Rossi, a vinda dos familiares das vítimas que poderão informar sobre os suspeitos. "Ainda não sabemos qual o motivo do crime". 

Entenda o crime 

Dois estrangeiros foram mortos na noite de sábado. A polícia, que fazia patrulhamento pelo Pernambuco, foi acionada por vizinhos, que ouviram barulhos de tiros.

Ao chegar ao sobrado, a polícia encontrou na sala o corpo do argentino Gabrel Alejandro, de 35 anos, alvejado uma vez no tórax. Na varanda da residência, estava o corpo do colombiano Bernardo Castanho, de idade desconhecida, atingido por três tiros no rosto, na altura da boca, nariz e testa.

Em um dos quartos, um funcionário da casa, um colombiano de 33 anos, estava imobilizado, com mãos e pés amarrados com fitas plásticas.

De acordo com o relato do funcionário de Bernardo, ele estava no imóvel junto com o patrão e três colegas dele, todos argentinos. Antes do crime, Bernardo saiu para encontrar outros amigos. 

Logo depois, ainda segundo a versão do funcionário, os argentinos, dois deles armados, passaram a agredi-lo e o amarraram. Eles queriam o dinheiro que estava na casa. O empregado foi obrigado a tomar um comprimido e dormiu.

A polícia localizou três homens de Sorocaba (São Paulo) que contaram que vieram até Guarujá encontrar com Bernardo. Um deles, um comerciante de 39 anos, teria “negócios” para tratar com o colombiano e o trio se encontrou com Bernardo em uma padaria. Depois os quatro seguiram para o condomínio.

Quando chegavam, um homem armado rendeu Bernardo. Posteriormente o comerciante reconheceu Gabriel como o homem que rendeu o colombiano. O trio de Sorocaba teria conseguido escapar da abordagem.

Entre os objetos achados no local foram apreendidos R$ 2.320,00. Durante a investigação a polícia conseguiu as imagens, pelo sistema de vigilância, dos dois argentinos que fugiram no Jetta.

domingo, 27 de novembro de 2011

Guarujá - Turista é morto com tiro no rosto no Santo Antonio

Da Redação
O turista Marcos Forte, de 56 anos, foi morto com um tiro no rosto depois de um assalto, no Santo Antonio, em Guarujá.

Acompanhado de sua esposa em um Honda CR-V, ele seguia para Praia Grande, onde estavam hospedados para passar as férias. 

Ao parar no semáforo da Avenida Santos Dumont, em frente ao Ginásio Guaibê, o casal, que veio de Guarulhos, São Paulo, foi abordado por dois indivíduos armados e em cima de uma bicicleta. 

Um deles anunciou o assalto pelo lado do condutor do veículo, já que a janela estava aberta, e determinou que todos os objetos de valor fossem entregues. 

A esposa, de 51 anos, bastante assustada, logo passou sua bolsa para o assaltante. 
No momento em que os marginais pegaram a bolsa, um deles disparou contra a cabeça da vítima, que acabou atingida no rosto, e outro tiro atingiu de raspão a barriga de sua esposa.

Ao chegar, a polícia encontrou o motorista do veículo caída sobre o volante e coberto de sangue. 

A esposa dele ainda encontrava-se imóvel, olhando para frente, em estado de choque, no momento em que a viatura chegou ao local. 

A mulher informou à polícia que a bolsa entregue era preparada para casos de assalto.

Segundo ela, lá dentro havia apenas um telefone celular velho e inutilizado e uma nota de R$ 50,00 para os bandidos não suspeitarem que a bolsa.

Polícia encontra corpos de estrangeiros em condomínio de luxo-Jardim Acapulco no Guarujá

Da Redação

Créditos: Rogério Soares
Dois estrangeiros foram mortos na noite de sábado, no luxuoso condomínio do Jardim Acapulco, em Guarujá. A polícia, que fazia patrulhamento pelo Pernambuco, foi acionada por vizinhos, que ouviram barulhos de tiros.

Ao chegar ao sobrado, a polícia encontrou na sala o corpo do argentino Gabrel Alejandro, de 35 anos, alvejado uma vez no tórax. Na varanda da residência, estava o corpo do colombiano Bernardo Castanho, de idade desconhecida, atingido por três tiros no rosto, na altura da boca, nariz e testa.

Em um dos quartos, um funcionário da casa, um colombiano de 33 anos, estava imobilizado, com mãos e pés amarrados com fitas plásticas.

Conforme registrado em boletim de ocorrência, um empresário de 32 anos, um comerciante de 39 anos e um motorista de 43 anos teriam vindo de Sorocaba, São Paulo, para se encontrar com Bernardo para cuidar de negócios.

O comerciante alegou que trouxe os dois amigos para acompanhá-lo e que, primeiro, encontrou com Bernardo em uma padaria, para depois seguir com o amigo até o condomínio, palco dos assassinatos.

Segundo o depoimento do comerciante, uma pessoa não identificada rendeu Bernardo com uma arma na mão e mandou que ele entrasse na casa. Foi nesse momento que ele alega ter fugido junto com os dois amigos. 

Antes de partir, ele ouviu tiros no local, mas só soube depois das mortes. Seus companheiros disseram não ter condições de identificar o autor do crime. O comerciante reconheceu Alejandro como o homem que rendeu Bernardo.

Reconhecimento

Em depoimento à polícia, o funcionário da residência reconheceu a fotografia de Alejandro como sendo um dos gringos que ocupavam a casa, estava armado e participou do crime.

Ele disse ainda que os bandidos fugiram com o carro de Bernardo, um Jetta prata. A polícia conseguiu, na portaria do condomínio, fotografias dos suspeitos que fugiram.

Conclusão da polícia

Diante das duas versões apresentadas na delegacia, a polícia concluiu que os marginais, também amigos de Bernardo, aproveitaram a ausência dele para invadir a casa e furtar os bens de sua residência.

Como a única pessoa presente na moradia era o funcionário colombiano, os marginais o fizeram refém. A polícia confirmou que, durante a fuga, os bandidos levaram o veículo de Bernardo. 

Por se tratar de um caso internacional, a Polícia Federal foi acionada para verificar a situação de permanência dos estrangeiros no Brasil. Da mesma forma, também será investigada a maneira como eles entraram no País.

Conforme informado pela Polícia Federal, esses dados contribuirão para a identificação detalhada dos autores do crime. A investigação do órgão será iniciada nesta segunda-feira.

A Polícia Civil apreendeu para averiguação a carteira, documento de identidade e um relógio de pulso do argentino Alejandro. Também foram recolhidos um modem, um Fiat Punto prata, três fitas isolantes usadas para imobilizar o funcionário da residência, cinco telefones celulares, sendo esses de testemunhas e das vítimas, além da quantia em dinheiro de R$ 2.320,00.

Tráfico prepara investida nas praiasO PCC vai abastecer os pontos de venda de drogas (as biqueiras) de todo o litoral paulista no verão


PLINIO DELPHINO

O PCC, facção criminosa criada nos presídios de São Paulo, praticamente monopoliza o tráfico de drogas no estado e já tem estratégia certa para este verão: abastecer bem os pontos de venda de entorpecentes (as chamadas biqueiras) de todo o litoral paulista.

A polícia já está atenta e vai montar esquema especial para o combate ao tráfico de drogas nas praias durante os meses de férias. O delegado Frederico Calvo Fernandez, diretor assistente do Deinter 6 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior 6), responsável por toda a área do Litoral Sul, desde Ilha Comprida até Bertioga, explicou que o combate ao tráfico será prioridade. “Esse é o tipo de crime que é gerador de outros e vai ter atenção especial. Furtos de joias e de pertences, normalmente, servem para a troca por drogas.
Muitos roubos a mão armada, ocorridos de forma violenta, são cometidos por bandidos sob efeito de droga também”, ressaltou.

A produtividade da polícia no combate ao tráfico de drogas na área aumenta sempre nos meses de verão. Em 2010, o maior número de flagrantes de tráfico de entorpecentes ocorreu no primeiro trimestre. Foram 471 casos, contra 381 do segundo trimestre, 423 do terceiro e 397 flagrantes nos meses de outubro, novembro e dezembro.

Em 2011 não foi diferente. Nos primeiros três meses do ano ocorreu o maior número de flagrantes de drogas: 523. Os trimestres subsequentes registraram 477 e 409 casos.

Segundo o delegado Wagner Giudice, diretor do Denarc (Departamento de Investigações Sobre Narcóticos), a facção criminosa de São Paulo comanda quase todo o tráfico do estado de dentro da cadeia.

Movimento/ “Os líderes administram o movimento geral, financiam, controlam como chega, como é transformado e vendido”, disse Giudice.

“No verão, eles vão reforçar abastecimento no litoral porque jovens em férias vão invadir as praias”, afirmou.

Segundo o capitão Heleno Galante, porta-voz do Comando de Policiamento de Área do Interior 6, responsável pelo Litoral Sul, a Praia Grande espera cerca de 400 mil turistas.
Outros 300 mil devem ir para Santos e 200 mil para o Guarujá e Bertioga. No Litoral Norte, o movimento aumenta cerca  de 150% do movimento nesta época do ano.
“Por conta disso, a polícia como um todo reforça o policiamento com PMs de todo o interior para a Operação Verão”, disse o oficial (leia mais no texto ao lado).

Litoral terá reforço de 1,2 mil homens e dois helicópteros
O capitão Heleno Galante ressaltou que a PM, além dos 1,2 mil homens que receberá como reforço no policiamento da Baixada, também terá 200 viaturas (incluindo motos) e dois helicópteros para fazer o patrulhamento.

“Nós estamos investindo na formação do policial.
É um trabalho de médio prazo, mas o resultado é melhor também.
Os homens que vão reforçar a Operação Verão, de  29 de dezembro até 22 de fevereiro, são voluntários. Para os policiais locais, as férias foram canceladas e as licenças também”, observou.

Galante disse que o tráfico na região é 90% territorial. “Os criminosos que traficam moram muito perto do ponto de drogas. Aumenta-se o número de flagrantes porque também temos maior capacidade de combate nessa época”, disse.

O tráfico na capital é muito intenso. Neste ano, o Denarc apreendeu 4,2 toneladas de cocaína, 6,8 toneladas de maconha e prendeu 1.006 traficantes, grande parte deles do PCC.
 “Eles têm  base mais forte nas favelas de Heliópolis, Alba, Elba, Fazenda da Juta e Paraisópolis, mas  atuam em todo o estado”, disse o diretor do Denarc.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sem multa, Dersa pode apenas orientar os fura-filas nas balsas


César Miranda
Créditos: Nirley Sena
Intensidade no movimento traz fura-filas
Com a aproximação da temporada de verão, quando aumenta consideravelmente o movimento nas travessias de balsas entre Santos e Guarujá, motoristas cobram mais rigor das autoridades para fiscalizar os furões nas filas.

Os condutores preveem abusos mais frequentes, devido ao grande número de turistas que costumam atravessar para passear nas cidades da região.

O instalador de ar-condicionados Luís Antonio Alvarenga lamenta que muitos turistas insistam em aplicar um “migué (no caso, cortar caminho)” para não encarar a fila. E, como são de fora da região, justificam desconhecer a existência de fila para embarcar. “Comigo não cola. Eu buzino até acabar a bateria, se for preciso”.

O vendedor Marcos Luiz Garcia diz já ter visto muita confusão por causa dos furões. Hoje, nem perde tempo discutindo: espera chegar nas proximidades da travessia, onde estão os agentes da Dersa, para denunciar o infrator.

Apesar de reconhecer que os furões causam transtorno, a Dersa informa não ter poder legal para retirar veículos da fila ou multar os infratores. “A função da Dersa é orientar os usuários para que não furem fila e acionar a autoridade de trânsito, quando a fila é furada por algum veículo”, diz a assessoria de imprensa da estatal, em nota.

Créditos: Nirley Sena
Usuários das balsas da região pedem mais rigor na fiscalização. Dersa diz que não pode punir, apenas orientar

Falta Grave

Segundo o Artigo 211 do Código de Trânsito Brasileiro, é infração grave ultrapassar veículos em fila, parados em razão de sinal luminoso, cancela, bloqueio viário parcial ou outro obstáculo. A multa é de R$ 127,70, e o motorista recebe cinco pontos na carteira.

O assunto fura-filas já foi parar no Tribunal de Justiça de São Paulo. Em março de 2010, o órgão determinou que a Prefeitura de Guarujá responda pela organização da fila – menos no lado santista, controlado por CET e Polícia Militar. 

Para evitar transtornos na temporada, a Prefeitura de Guarujá informa que contratará 20 agentes orientadores. A Prefeitura também diz estar refazendo a sinalização da fila e que instalará novas placas para ajudar os motoristas.

Em Santos, de acordo com a CET, “quando a fila da balsa está próxima ao Canal 7, os operadores desviam o trânsito por esta avenida (General San Martin). Em casos mais extremos, pela Rua Carlos de Campos”. Para coibir fura-filas, cavaletes bloqueiam retornos na pista contrária (Ponta da Praia/José Menino)”.


quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Sofitel Guarujá Jequitimar oferece pacotes para festas de fim de ano

O Sofitel Guarujá Jequitimar preparou pacotes de fim de ano para quem quer celebrar o Natal ou Réveillon no litoral paulista. Para o Natal Magnifique, o hotel oferece quatro noites de hospedagem, café da manhã, almoço tipo Buffet (com bebidas não alcoólicas), ceia de Natal com vinhos branco e tinto importados, whisky 12 anos e espumante.

 A partir de R$ 4,3 mil em apartamento classic duplo. O check in deverá ser feito no dia 21 ou 22 de dezembro.

Há ainda programação diária de lazer para adultos e crianças, SPA e campo de golfe (ambos com custo à parte) à disposição dos hóspedes. 



Para o Réveillon, há opções de quatro e cinco noites, com café da manhã, almoço tipo Buffet (com bebidas não alcoólicas), ceia de Natal com vinhos branco e tinto importados, whisky 12 anos e espumante. 
A partir de R$ 9.520 em apartamento classic duplo (quatro noites) e R$ 10.360 em apartamento classic duplo (cinco noites). O check in deverá ser feito no dia 28 ou 29 de dezembro. 


SERVIÇO: PACOTE DE FIM DE ANO 

Local: Sofitel Guarujá Jequitimar (Av. Marjory da Silva Prado, 1.100, Praia de Pernambuco – Guarujá) 

Informações e reservas: (13) 2104-2000 / sofiteljequitimar@sofitel.com / www.sofitel.com.br.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

GUARUJÁ é destaque de evento do Skal-SP


22/11/2011


O presidente do Skal-SP, Walter Teixeira recepcionou representantes do turismo do Guarujá em encontro para associados
 Durante encontro do Skal-SP, realizado hoje, dia 22, representantes do Guarujá Convention & Visitors Bureau (GCVB) aproveitaram para apresentar o destino do litoral paulista além do foco sol e praia.
“Vamos aproveitar este almoço para falar o que o Guarujá tem a oferecer, um destino que está muito próximo dos paulistanos e propicia explorar não só o turismo de lazer mas como o turismo de negócios”, comentou o presidente do Skal-SP, Walter Teixeira.
Assim como dito por Teixeira, a presidente do Guarujá CVB, Maria Laudenir, ressaltou o Guarujá como um destino que vai além do lazer.
“O Guarujá é um destino muito especial basta saber explora-lo, há diversas opções e temos dois grandes equipamentos também para o turismo de negócios, o Casa Grande Hotel e o Sofitel Jequitimar”, comentou.
A diretora executiva do convention, Ana Maria Carvalho também ressaltou em sua fala que o destino vai além do sol e mar. “Temos uma gastronomia muito diversificada, para todos os gostos e bolsos. Temos o cenário ideal para eventos esportivos, como surf, vôlei, kitesurf, jet ski, stand up e corrida.
 Também estamos trabalhando o ecoturismo, com trilhas e caminhadas, além do turismo de negócios e eventos, já que temos um auditório privado com 7 mil m² e espaço para exposições e feiras de 6 mil m². É o encontro do útil ao agradável”, informou.

A executiva do GCVB também ressaltou que o destino conta com diferentes opções de entretenimento, do Acqua Mundo, casas noturnas e shows, a turismo cultural, já que abriga fortes, fortalezas e monumentos.
“Outro ponto importante a ressaltar do Guarujá são as opções de compras, com galerias e lojas de ruas, feiras de artesanatos e shoppings”, disse.
O destino localizado a 87 Km da capital paulista conta com 27 praias. “Temos, na Praia do Tombo, desde o ano passado, e renovamos este ano, o selo Bandeira Azul”, ressaltou Ana Maria. O certificado internacional da Fundação para a Educação Ambiental, instituição ligada à União Europeia e à Organização das Nações Unidas (ONU) condecora após avaliação das condições de balneabilidade e organização da praia.
A secretária de Turismo do Guarujá, Maria Eunice Grötzinger também marcou presença no encontro que reuniu alguns skalegas e representantes de hotéis associados ao GCVB.
E sorteou estadia com acompanhante para um associado no Casa Grande Hotel, o vencedor foi o diretor da WebBusiness, Mórris Litvak.

 Carolina Maia

    Guarujá e Santos querem túnel, mostra pesquisa


    22/11/11 - 00:00 > RODOVIAS


    Baixada Santista - A maior parte da população de Santos e Guarujá apoia a construção do túnel imerso capaz de ligar as duas cidades, mas, defende que o estado deve arcar com os custos da obra. De acordo com o levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas A Tribuna (IPAT), de cada dez moradores ouvidos, quatro acreditam no empreendimento,informa
     o jornal santista A Tribuna. 


    Enquanto isso, metade da população de ambos os municípios não acredita que a obra, prometida pelo governo do estado, sairá do papel. Foram realizadas 810 entrevistas, no dia 9 deste mês.

    Na opinião de 82, 1%, o túnel precisa ser construído, mas 49% duvidam que a ligação seca seja realmente implantada. Um número menor, 38,3%, acha que o projetoserá concluído. 

    Sobre o local proposto pelo governo estadual para o túnel, que ficaria entre os bairros de Outeirinhos, em Santos, e Prainha, em Vicente de Carvalho, 73,5% dos moradores afirmaram concordar com a escolha.

    No entanto, um detalhe na pesquisa chama a atenção: apesar de aprovar o túnel como uma ligação viável para interligar as duas cidades, 37,9% dos moradores citam a construção de uma ponte como mais conveniente. Só 32,4% acham que o túnel é a melhor solução. E, para 26,8%, tanto faz. 

    lém disso, 49,6% da população são contra a passagem de caminhões pelo túnel. 
    Dos entrevistados, 43,2% utilizam a travessia de balsas regularmente. Destes, 44,6% para lazer e divertimento, e 38,4% para trabalho. A pesquisa foi feita com a população de Santos e Guarujá em geral, não especificamente com usuários das balsas. Entre os que usam as balsas de forma rotineira, 64,6% são do Guarujá.