Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sem multa, Dersa pode apenas orientar os fura-filas nas balsas


César Miranda
Créditos: Nirley Sena
Intensidade no movimento traz fura-filas
Com a aproximação da temporada de verão, quando aumenta consideravelmente o movimento nas travessias de balsas entre Santos e Guarujá, motoristas cobram mais rigor das autoridades para fiscalizar os furões nas filas.

Os condutores preveem abusos mais frequentes, devido ao grande número de turistas que costumam atravessar para passear nas cidades da região.

O instalador de ar-condicionados Luís Antonio Alvarenga lamenta que muitos turistas insistam em aplicar um “migué (no caso, cortar caminho)” para não encarar a fila. E, como são de fora da região, justificam desconhecer a existência de fila para embarcar. “Comigo não cola. Eu buzino até acabar a bateria, se for preciso”.

O vendedor Marcos Luiz Garcia diz já ter visto muita confusão por causa dos furões. Hoje, nem perde tempo discutindo: espera chegar nas proximidades da travessia, onde estão os agentes da Dersa, para denunciar o infrator.

Apesar de reconhecer que os furões causam transtorno, a Dersa informa não ter poder legal para retirar veículos da fila ou multar os infratores. “A função da Dersa é orientar os usuários para que não furem fila e acionar a autoridade de trânsito, quando a fila é furada por algum veículo”, diz a assessoria de imprensa da estatal, em nota.

Créditos: Nirley Sena
Usuários das balsas da região pedem mais rigor na fiscalização. Dersa diz que não pode punir, apenas orientar

Falta Grave

Segundo o Artigo 211 do Código de Trânsito Brasileiro, é infração grave ultrapassar veículos em fila, parados em razão de sinal luminoso, cancela, bloqueio viário parcial ou outro obstáculo. A multa é de R$ 127,70, e o motorista recebe cinco pontos na carteira.

O assunto fura-filas já foi parar no Tribunal de Justiça de São Paulo. Em março de 2010, o órgão determinou que a Prefeitura de Guarujá responda pela organização da fila – menos no lado santista, controlado por CET e Polícia Militar. 

Para evitar transtornos na temporada, a Prefeitura de Guarujá informa que contratará 20 agentes orientadores. A Prefeitura também diz estar refazendo a sinalização da fila e que instalará novas placas para ajudar os motoristas.

Em Santos, de acordo com a CET, “quando a fila da balsa está próxima ao Canal 7, os operadores desviam o trânsito por esta avenida (General San Martin). Em casos mais extremos, pela Rua Carlos de Campos”. Para coibir fura-filas, cavaletes bloqueiam retornos na pista contrária (Ponta da Praia/José Menino)”.


Nenhum comentário: