Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

domingo, 27 de novembro de 2011

Tráfico prepara investida nas praiasO PCC vai abastecer os pontos de venda de drogas (as biqueiras) de todo o litoral paulista no verão


PLINIO DELPHINO

O PCC, facção criminosa criada nos presídios de São Paulo, praticamente monopoliza o tráfico de drogas no estado e já tem estratégia certa para este verão: abastecer bem os pontos de venda de entorpecentes (as chamadas biqueiras) de todo o litoral paulista.

A polícia já está atenta e vai montar esquema especial para o combate ao tráfico de drogas nas praias durante os meses de férias. O delegado Frederico Calvo Fernandez, diretor assistente do Deinter 6 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior 6), responsável por toda a área do Litoral Sul, desde Ilha Comprida até Bertioga, explicou que o combate ao tráfico será prioridade. “Esse é o tipo de crime que é gerador de outros e vai ter atenção especial. Furtos de joias e de pertences, normalmente, servem para a troca por drogas.
Muitos roubos a mão armada, ocorridos de forma violenta, são cometidos por bandidos sob efeito de droga também”, ressaltou.

A produtividade da polícia no combate ao tráfico de drogas na área aumenta sempre nos meses de verão. Em 2010, o maior número de flagrantes de tráfico de entorpecentes ocorreu no primeiro trimestre. Foram 471 casos, contra 381 do segundo trimestre, 423 do terceiro e 397 flagrantes nos meses de outubro, novembro e dezembro.

Em 2011 não foi diferente. Nos primeiros três meses do ano ocorreu o maior número de flagrantes de drogas: 523. Os trimestres subsequentes registraram 477 e 409 casos.

Segundo o delegado Wagner Giudice, diretor do Denarc (Departamento de Investigações Sobre Narcóticos), a facção criminosa de São Paulo comanda quase todo o tráfico do estado de dentro da cadeia.

Movimento/ “Os líderes administram o movimento geral, financiam, controlam como chega, como é transformado e vendido”, disse Giudice.

“No verão, eles vão reforçar abastecimento no litoral porque jovens em férias vão invadir as praias”, afirmou.

Segundo o capitão Heleno Galante, porta-voz do Comando de Policiamento de Área do Interior 6, responsável pelo Litoral Sul, a Praia Grande espera cerca de 400 mil turistas.
Outros 300 mil devem ir para Santos e 200 mil para o Guarujá e Bertioga. No Litoral Norte, o movimento aumenta cerca  de 150% do movimento nesta época do ano.
“Por conta disso, a polícia como um todo reforça o policiamento com PMs de todo o interior para a Operação Verão”, disse o oficial (leia mais no texto ao lado).

Litoral terá reforço de 1,2 mil homens e dois helicópteros
O capitão Heleno Galante ressaltou que a PM, além dos 1,2 mil homens que receberá como reforço no policiamento da Baixada, também terá 200 viaturas (incluindo motos) e dois helicópteros para fazer o patrulhamento.

“Nós estamos investindo na formação do policial.
É um trabalho de médio prazo, mas o resultado é melhor também.
Os homens que vão reforçar a Operação Verão, de  29 de dezembro até 22 de fevereiro, são voluntários. Para os policiais locais, as férias foram canceladas e as licenças também”, observou.

Galante disse que o tráfico na região é 90% territorial. “Os criminosos que traficam moram muito perto do ponto de drogas. Aumenta-se o número de flagrantes porque também temos maior capacidade de combate nessa época”, disse.

O tráfico na capital é muito intenso. Neste ano, o Denarc apreendeu 4,2 toneladas de cocaína, 6,8 toneladas de maconha e prendeu 1.006 traficantes, grande parte deles do PCC.
 “Eles têm  base mais forte nas favelas de Heliópolis, Alba, Elba, Fazenda da Juta e Paraisópolis, mas  atuam em todo o estado”, disse o diretor do Denarc.

Nenhum comentário: