Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

domingo, 15 de janeiro de 2012

No Guarujá, turistas e donos de quiosques se queixam de alta-VENCESLAU BORLINA FILHO ENVIADO ESPECIAL da Folha ao GUARUJÁ (SP)


Os preços cobrados nas praias de Enseada, Pitangueiras e Pernambuco, no Guarujá (86 km de São Paulo), são suficientes para "fechar o tempo" tanto para turistas quanto para os comerciantes.
Os consumidores reclamam dos altos valores. Os ambulantes e os proprietários de quiosques se defendem e afirmam que também compram mais caro e, por isso, têm que repassar o preço.
O item que mais subiu nas praias da cidade foi a caipirinha de limão feita de cachaça. A variação chegou a 62,5% de um verão ao outro. O valor mais alto da bebida foi encontrado na Enseada: R$ 13.
Os preços da água de coco e do milho foram "padronizados": R$ 5. No ano passado, os dois produtos eram vendidos a R$ 4.
"Cobrar R$ 5 por uma água de coco é muito", reclama a gerente comercial Elaine de França, 34. "Eu trago tudo de casa", diz a aposentada Marlene Finotti Pellegrini, 65, que tem um apartamento em Pitangueiras.
A mesma água de coco custa R$ 3 na praia de Boa Viagem, em Recife (PE), ante
R$ 2,50 no ano passado (20% de aumento). Na praia de Ondina, em Salvador (BA), o aumento foi de 50% (de R$ 1 para R$ 1,50).
"Tem que ter preço razoável. Do contrário, não vende", diz Isabel da Silva, 59, que trabalha há 17 anos na praia de Pernambuco.
Colaboraram FÁBIO GUIBU, de Recife, e GRACILIANO ROCHA, de Salvador

Nenhum comentário: