Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Trânsito trava vias que ligam praias do litoral norte de SP- Segundo o guarujaense Caio Borges, Guarujá é o melhor lugar ruim do mundo para se morar

Folha Verão

GIBA BERGAMIM JR.
ENVIADO ESPECIAL AO LITORAL NORTE

Não bastasse o sofrimento em congestionamentos para descer e subir a serra, os paulistas enfrentam calvário parecido para sair das casas de veraneio ou pousadas e chegar à praia preferida no litoral norte de São Paulo.
Em São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba, engarrafamentos no acesso às praias entre quinta-feira e ontem pareciam avenidas da capital como Paulista e Bandeirantes no horário de pico.
O trânsito é pesado tanto na rodovia BR-101 (Rio-Santos) quanto nas vias às margens da praias.

Durante a manhã da última quinta-feira, a Folha demorou cinco horas para fazer o trajeto entre as praias de Itamambuca (Ubatuba) e Baleia (São Sebastião).
O mesmo percurso, de cerca de 170 km, seria feito em cerca de duas horas fora da temporada de verão.

Adriano Vizoni - 2.jan.12/Folhapress
Excesso de veículos provoca lentidão na Rio-Santos e dificulta viagem entre praias do litoral norte de SP
Excesso de veículos provoca lentidão na Rio-Santos e dificulta viagem entre praias do litoral norte de SP
O drama no engarrafamento, porém, é compensado pela vista do Oceano Atlântico cercando a montanha.
Ontem, misturavam-se os carros que já voltavam para a capital e interior com os que queriam aproveitar um pouco mais do domingo de sol.
"Ficamos tanto tempo dentro do carro que, quando chegamos à praia, o sol já foi embora", disse a dentista Simone Carvalho, 32, moradora de Taubaté (Vale do Paraíba).
Com o filho Rafael, 7 meses, no colo, ela e o marido, o ferramenteiro Ranier Castilho, 37, enfrentaram congestionamentos entre as praias Grande e Lagoinha, ontem.
"Vim em busca de ondas, mas está fraco. E ainda tem de encarar trânsito o tempo todo. Com criança é mais complicado", afirmou Castilho, que pratica surf.
No sábado à noite, só para atravessar o trecho entre as praias Maranduba e Grande, em Ubatuba --cerca de 10 quilômetros-- o tempo gasto foi de quase 1h20.

OBRAS E CARROS

Em São Sebastião, uma obra às margens da pista causa mais congestionamentos na praia de Boiçucanga, no sentido capital.
Mais adiante, o já tradicional ponto de estacionamento ilegal no acesso à Praia Preta, às margens da rodovia, fica lotado de carros. 
Os veículos ocupam o acostamento numa faixa de aproximadamente 400 metros.
Os transtornos para conseguir colocar os pés na areia --e depois para sair dela-- afetam até mesmo as praias consideradas tranquilas, já que engarrafamentos se formavam nas ruas e avenidas à beira-mar em praias como Baleia e Barra do Sahy, também em São Sebastião.
Com tantos carros, bom mesmo foi para o eletricista André Ernesto da Silva, 19, que na temporada faz bico de guardador de carros.

"Hoje foi bom, consegui lucrar R$ 300", contou na última quinta-feira.

Nenhum comentário: