Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

segunda-feira, 9 de abril de 2012

E quem vai ter pena de nós?


Às vezes sinto que não sou bem entendido quando falo dos abandonados, sem teto, pedintes, bêbados, vagabundos e outras pessoas que perambulam pelas cidades.
Tenho muita pena dessa gente, ajudo quanto posso e sei que se eles estão nesse estado de necessidade não é por vontade própria.
Fico com raiva quando as pessoas me recriminam por abordar o assunto e com veemência   aceitam a situação  mas pouco fazem para retirá-las das ruas.
Mais ainda. Onde estavam esses que me recriminam quando era hora de dar condições para que não existisse esse tipo de problema social, que é sem dúvida  muito mais problema para quem está na rua?
Fico realmente aborrecido com as pessoas que entendem as minhas críticas como pejorativas, destrutivas ou fora da realidade.
Alguns amigos acham que eu prejudico a imagem do Guarujá fazendo esse tipo de denúncia.
Quero deixar claro que não aceito a facilidade com que querem inverter o ônus da culpa. Tenho certeza de que quem não reclama é mais culpado sob qualquer ponto de vista.
Eu não denuncio para apontar os defeitos das administrações. As denúncias são feitas para que as coisas sejam corrigidas e em absoluto podemos ser acusados.
Os incompetentes são os que pleitearam e conseguiram os cargos e não cumprem as suas obrigações, não nós que pagamos caro e não temos o devido respeito.
 A palavra é essa. Respeito. Não estão sendo respeitados os nossos direitos.
Então, que fique claro. Tenho muita pena dos menos favorecidos.
Não sei quem terá pena de nós. 

Nenhum comentário: