Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

quinta-feira, 28 de junho de 2012

O sopão distribuído para os indigentes.


Uma das grandes discussões hoje na internet, é a possibilidade da Prefeitura de São Paulo proibir a distribuição de sopa para a população de rua.
Indigesta refeição é ter de apoiar uma ou outra opinião.
Melhor seria não termos de optar por nenhuma delas e não existirem os problemas. Sem moradores de rua, sem sopão, sem problema.
Como isso não é possível mas, é possível  emitir a opinião, vamos lá.
O que motiva o indivíduo a estudar e preparar-se para a vida trabalhando, é a necessidade de obedecer às regras milenárias impostas pela sociedade.
Poucos abraçariam uma opção difícil, como cursar uma escola pública, uma faculdade pública, conduções lotadas para isso tudo, e mais a insegurança diuturna das ruas, se tudo o que precisam lhes fosse fornecido gratuitamente e sem qualquer dificuldade.
Longe de mim querer dizer que é fácil a vida dos indigentes, sem teto e sem família. Uma coisa é certa, se eles não tiveram muitas opções, tiveram o mesmo livre arbítrio que tantos outros que estudam a noite, trabalham doze horas por dia, se espremem nas conduções lotadas e são assaltados ao chegarem ou saírem das suas casas.
Um indigente ou um “guardador” de carros consegue com facilidade de R$ 20,00 a R$ 60,00 por dia mendigando ou extorquindo as pessoas na rua.
Isso significa de R$600,00 a R$ 1.800,00 por mês para ficar vagando pelas ruas e muitas vezes assaltando quem os protege.
Para mim isso é demais!

Nenhum comentário: