Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Dia 17 de fevereiro termina o horário de verão.


Os relógios devem ser acertados, voltaremos os ponteiros uma hora, as noites voltarão a ser mais longas do que os dias e Guarujá deve contabilizar os lucros e perdas de mais uma temporada.
Como sempre, teremos gente dizendo que a temporada foi boa, outros maldizendo os resultados. O certo é que não há estatísticas confiáveis a respeito de nada.
Não se sabe quantas pessoas vieram, qual foi a real ocupação dos hotéis, quantos crimes foram perpetrados e quantos foram denunciados pelas vítimas.
Ninguém fala quanto foi recolhido de ISS pelas várias atrações que ocuparam terrenos públicos, praias e outros espaços da cidade, quanto o município recolheu pela permissão da colocação de publicidade, quantas autuações e apreensões de mercadorias irregularmente comercializadas nas ruas e praias os fiscais fizeram, o que fizeram de fato, dentro das suas atribuições e obrigações, a Vigilância Sanitária e o PROCON.
Certos ou errados, esses números precisam ser fornecidos e auditados e nós precisamos urgentemente deles.
A gente que já está acostumada a ter informações mais ou menos distorcidas, fornecidas para tapar o sol com a peneira, ainda assim teríamos um termômetro, mostrando que a maioria de nós munícipes perdeu muito mais do que ganhou. 
E se isso for verdade, há que repensar e muito a vocação da nossa cidade.
Má fé ou engano, tanto os números quanto as verdadeiras intenções das informações erradas vão ser esquecidos, tal qual história da nomeação do marido, pela prefeita Maria Antonieta de Brito ao cargo de Ouvidor do Município.
Poucos se lembram da nomeação, publicada no Diário Oficial do Município e depois da grita, do caguetador mor do, Manoel Vergara, a prefeita, alegando engano, destituiu da espúria nomeação do marido, que voltou ao posto de Guarda Municipal, consorte, primeiro cavalheiro e segurança. Um moderno “três em um” à La Guarujá.
Ontem grande parte dos comentários no Facebook, era de que o aparato policial que atendeu a cidade já havia sido desmontado e que a maioria dos turistas e veranistas já haviam ido para suas cidades. Ficamos no Guarujá, os moradores, com os problemas de sempre.
Fiquei pensando que já que todo esse povo foi embora e os bandidos, bandidinhos e bandidões ficaram, vai ser menos gente para ser roubada pelo mesmo universo de ladrões, guardadores de carros, vendedores de facilidades e os grandes ladrões de sempre, se é que me entendem...
Mas voltando ao Manoel Vergara, se desse para tirar o rei, que às vezes se instala na sua grande barriga, nós certamente teríamos o melhor Ouvidor do Guarujá.
Ele seria ao mesmo tempo Ouvidor e falador mor. É bem verdade que não se sabe por quanto tempo, porque gente como o Vergara tem vida curta no Brasil. No Guarujá ele é um caso inexplicável de longevidade.
Presenciei ontem um diálogo escrito o Facebook, que deveria servir de documento para a instauração de dois inquéritos.
Um administrativo, na prefeitura, para verificar se a compostura assessora de imprensa e funcionária de confiança da prefeita, Carine Bernardino, estaria na posse das suas faculdades mentais, quando trocou ofensas pesadíssimas com o Manoel Vergara.
Foram palavras de baixíssimo calão. Outro processo, para verificar se não houve de fato grave crime de ameaça, velada ou não, para tentar atemorizar o caguetador mor.
É inadmissível, que alguém que se intitula funcionária de confiança da prefeita, incumbida de ser sua porta voz, se dirija dessa forma a quem quer que seja, com a agravante de ter milhares de pessoas lendo, comentando e lembrando que ela é, repito, funcionária de confiança da prefeita.
Essa moça confunde ser popularesca com mal educada e seu palavreado é incompatível com a de uma jornalista profissional diplomada trabalhando como assessora de imprensa de uma prefeita.
Dia desses eu disse, que o Vergara daria um excelente vereador, porque seria como soltar um bode numa loja de cristais.
Não permitiram. Não deram chance dele concorrer.
Se eu fosse a prefeita nomearia o Vergara Caguetador Mor de Guarujá. Como ela não vai fazer isso, o Vergara vai continuar a ser só caguetador, e isso no caso de não encontrar uma bala certeiramente perdida.

Nenhum comentário: