Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Flanelinha confessa tentativa de homicídio O delito, a facadas, ocorreu na Rua Cavalheiro Nami Jafet, no Centro de Guarujá


por Gilmar Alves Jr.

A Polícia Civil divulgou ontem que pediu à Justiça a prisão temporária do guardador de carros Carlos Alberto Ferreira Dantas, de 23 anos, que é acusado pela tentativa de homicídio do a facadas do também flanelinha Marcelo Fernando Carneiro, de 39. Detido por investigadores da Delegacia Sede de Guarujá, Carlos confessou o crime, mas disse que a vítima tentou atacá-lo antes.
O delito ocorreu na Rua Cavalheiro Nami Jafet, no Centro de Guarujá, após uma discussão entre Carlos e Marcelo, na noite do dia 5 de março. Horas antes, no mesmo dia, eles foram levados para a delegacia juntamente com outros guardadores de carros em uma ação realizada para pesquisas de antecedentes criminais. Após deixarem o local, Carlos suspeitou que Marcelo fez denúncia, o que culminou no desentendimento.
Ao confessar a tentativa de homicídio na Delegacia Sede, Carlos afirmou que conseguiu tirar a faca de Marcelo e o atingiu oito vezes. Ambos estavam consumindo crack no momento da discussão.
Carlos Alberto Ferreira Dantas, de 23 anos, teve a prisão pedida à Justiça após ser indiciado (Foto: Divulgação)
Carlos Alberto Ferreira Dantas, de 23 anos, teve a prisão pedida à Justiça após ser indiciado (Foto: Divulgação)

A vítima, que foi socorrida consciente para o Hospital Santo Amaro (HSA), já teve alta médica.
Sob a coordenação do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior e comando do investigador-chefe, Paulo Carvalhal, participaram das investigações os policiais Jairo de Paula e Liliana Santos.
Para ler mais notícias, curta a página do Diário do Litoral no Facebook, siga nosso Twitter ou adi

Nenhum comentário: