Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.

Faça do SOS Guarujá seu informativo a qualquer hora. Assuntos locais e de interesse geral.
Atualizamos o blog várias vezes todos os dias para que você tenha a informação em cima da hora.Colabore mandando eventos, matéria,denúncias,textos...tudo que possa interessar à comunidade do Guarujá.

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO

CLIQUE AQUI E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUÍNIS DO GUARUJÁ ATACADO E VAREJO
CLIQUE E SEJA LEVADA Á MAIOR LOJA DE BIQUINIS DO BRASIL

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Guarujá não pode e não merece ter uma prefeita de nome Haifa Madi e vir a ser administrada, como todo mundo sabe, pelo seu inelegível marido Farid Madi.


Farid Madi já foi prefeito e a única coisa boa que fez para o Guarujá foi tornar-se inelegível pelos inúmeros processos que acumula em todas as instâncias da Justiça e por ter rejeitadas as prestações de contas da sua mal sucedida gestão.
O número expressivo de votos que Haifa obteve, mostra porque Guarujá está como esta, porque certas camadas da população elegem seus algozes, por ter sido e ser tão mal administrada há tantos anos.
O povo parece ter esquecido que Farid Madi foi derrotado na campanha pela reeleição por si mesmo, como muitos afirmavam, pelo voto de protesto, que entregou para a igualmente incompetente Maria Antonieta de Brito o poder que veio torná-la a pior prefeita que Guarujá já teve, apesar dos Madi, dos Gonzalez...
A candidatura de Aifa Madi é uma simulação, figura conhecida do Direito como defeito do negócio jurídico, declaração de vontade distinta da real, visando fugir de imperativos legais com a finalidade de beneficiar uns e prejudicar outros.
Nossa legislação considera o negócio jurídico simulado nulo, mormente essa simulação que nada tem de inocente, muito pelo contrário, é maliciosa, eivada de má-fé e que prejudica uma terceira parte que no caso são os demais concorrentes ao cargo de prefeito e ao povo.
Espero sinceramente que no segundo turno o povo escolha o outro candidato, que até onde se sabe, é pessoa de bem, cidadão culto, inteligente, já foi vereador, sabe administrar e GOSTA DO GUARUJÁ.

Espero ainda que se por desgraça Haifa Madi for a escolhida, os operadores do direito provem em algum momento quem vai gerenciar a cidade de fato, e tal qual nossa ex-presidenta, seja apeada do cargo pelos meios legais.

Compra e venda de votos.



Vi imagens de uma van adesivada com as fotos, na proximidade de um dos locais de votação. Com o número de postulante ao cargo de prefeito elementos distribuíram dinheiro entre eleitores que mostravam o comprovante de comparecimento à urna e votação.
É de cortar o coração ver gente humilde vendendo o próprio futuro por uma nota de cinquenta reais.
Mais do que a triste realidade a gente percebe a vitória momentânea dos que forçam a manutenção da ignorância do povo, manipulando o acesso à cultura não dando escola e roubando a merenda escolar.
Sem estudo o povo não consegue emprego e sem emprego as crianças são levadas ao crime e às drogas, num ritual que tão comum faz pensar que as coisas são e serão assim mesmo porque são.
Vamos mudar isso mudando as pessoas. Não há porque pensar que trazer o entulho político de Farid Madi & companhia vá mudar o que já tiveram a possibilidade de fazer e não fizeram.
Opte pelo novo! Não se deixe enganar!
Se você não é um daqueles que vende seu voto, denuncie quem fizer práticas ilegais para conseguir o voto dos desgraçados.
As coisas só mudarão quando nós resolvermos mudar.




Mendingódromos no Guarujá.

Acabo de ver terrificado, nessa terça-feira às dezenove e trinta horas, reportagem na TV Tribuna onde a candidata Haifa Madi promete algo que certamente cumprirá se eleita for.
Com a maior cara de piedosa, promete acabar com a mendicância na cidade a partir de várias ações, entre elas dar abrigo às centenas de mendigos que preambulam pelas ruas e praças do Guarujá.
Sou testemunha ocular que seu marido o ex prefeito Farid Madi construiu dois abrigos desses em frente ao Edifício Vila Nena, em frente a praia,onde eu morava.
Durante a construção, Farid Madi veio duas vezes pessoalmente conferir o andamento das obras, e eu pessoalmente desci para falar com ele nas duas vezes, alertando-o que aquilo iria se tornar um problema,um depósito de mendigos, com a colocação de bancos espaçosos e teto eles iriam se reunir naquele local para fazer o que mendigos fazem nas ruas: beber, pedir esmolas, urinar e defecar em qualquer canto e dormir nos bancos.
Como seu eterno sorriso que ele acha ser cativante, mas que para mim mais parece o de um esquilo dentuço, Farid Madi bateu no meu ombro e disse que isso não ocorreria, que para tanto haveria fiscalização e limpeza diária no local, coisa que nunca houve.
Das duas construções uma ainda está de pé e a outra foi incendiada pelos mendigos usuários.
Até hoje a qualquer hora mendigos reúnem-se debaixo daquela cobertura, fazendo como eu disse, o que mendigos fazem, bebem, urinam, defecam, dormem e incomodam os transeuntes com variada insistência, que vai de ofensas à violência física.
Haifa Madi promete e cumprirá, se eleita for, o que não pode ocorrer para o bem do Guarujá.
Tenho certeza de quem vier a ler esse texto vai saber do que estou falando e não votará no Farid Madi, pela interposta pessoa de sua mulher Haifa Madi.


Por favor compartilhe se concordar.

domingo, 2 de outubro de 2016

Não podemos errar desta vez.

Guarujá não pode e não merece ter uma prefeita de nome Haifa Madi e vir a ser administrada, como todo mundo sabe, pelo seu inelegível marido Farid Madi.
Farid Madi já foi prefeito e a única coisa boa que fez para o Guarujá foi tornar-se inelegível pelos inúmeros processos que acumula em todas as instâncias da Justiça e por ter rejeitadas as prestações de contas da sua mal sucedida gestão.
O número expressivo de votos que Haifa obteve, mostra porque Guarujá está como esta, porque certas camadas da população elegem seus algozes, por ter sido e ser tão mal administrada há tantos anos.
O povo parece ter esquecido que Farid Madi foi derrotado na campanha pela reeleição por si mesmo, como muitos afirmavam, pelo voto de protesto, que entregou para a igualmente incompetente Maria Antonieta de Brito o poder que veio a torná-la a pior prefeita que Guarujá já teve apesar dos Madi, dos Gonzalez e dos Marianos.
A candidatura de Aifa Madi é uma simulação, figura conhecida do Direito como defeito de negócio jurídico, declaração de vontade distinta da real, visando fugir de imperativos legais com a finalidade de beneficiar uns e prejudicar outros.
Nossa legislação considera o negócio jurídico simulado nulo, mormente essa simulação que nada tem de inocente, muito pelo contrário, é maliciosa, eivada de má-fé e que prejudica uma terceira parte que no caso são os demais concorrentes ao cargo de prefeito e ao povo.
Espero sinceramente que no segundo turno o povo escolha o outro candidato, que até onde se sabe, é pessoa de bem, cidadão culto, inteligente, já foi vereador, sabe administrar e GOSTA DO GUARUJÁ.
Espero ainda que se por desgraça Haifa Madi seja a escolhida, os operadores do direito provem em algum momento quem vai gerenciar a cidade e tal qual nossa ex-presidenta, seja apeada do cargo pelos meios legais.